Homem que matou por ciúmes em relacionamento aberto é condenado

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

São Paulo — O homem acusado de matar uma mulher encontrada com partes íntimas queimadas foi condenado a mais de 18 anos de prisão em regime fechado. O crime aconteceu em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, em outubro de 2022. A sentença foi emitida nessa terça-feira (9/4).

Segundo a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), Paulo Rogério do Sacramento foi condenado pelos crimes de homicídio por motivo fútil, feminicídio e vilipêndio, que se configura como desrespeito ao cadáver.

De acordo com apuração da TV Tem, o suspeito tinha um relacionamento aberto com a vítima, identificada como Ana Paula Pinheiro Passos, de 45 anos.

Ele a matou depois de descobrir que a mulher havia tido relações sexuais com um outro homem. A vítima foi agredida na cabeça e logo depois, asfixiada com um saco de lixo. Paulo ainda ateou fogo no corpo e o descartou em um terreno.

O suspeito estava preso preventivamente desde a época do crime e já tinha passagens anteriores relacionadas à violência contra a mulher. Ainda cabe recurso à decisão mas, segundo o TJSP, o réu não deseja recorrer.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Supremo vai julgar se aposentaria por doença incurável deve ser paga de forma integral

A possibilidade de o pagamento da aposentadoria por incapacidade causada por doença grave, contagiosa ou incurável ser paga de forma integral ou seguir estabelecida pela Reforma da Previdência será analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A discussão objeto de recurso extraordinário teve repercussão geral reconhecida por maioria de votos no plenário virtual. Ainda não há

Blogueiros sequestrados na RMS durante aniversário são libertados pela polícia

Os oito jovens de Salvador que foram sequestrados após alugarem uma casa em Jauá, na cidade de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS), já foram libertados pela Polícia Militar (PM). O caso ocorreu na madrugada desta terça-feira (28), por volta das 2h30, enquanto eles comemoravam o aniversário de um dos integrantes.   Em menos de

Com acordo, CCJ da Câmara transforma convocação de Pimenta em convite

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados transformou nesta terça-feira (28/5) uma proposta de convocação em convite para comparecimento do ministro extraordinário da reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, ao colegiado. O acordo foi firmado depois de os governistas negociarem com a oposição a ida do ministro à comissão