Homem tenta degolar companheira logo após ela dar à luz

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um homem foi preso por tentativa de homicídio após tentar degolar sua companheira, momentos após ela ter dado à luz, em um hospital na Espanha.

O crime aconteceu por volta das 4h da madrugada de quarta-feira (12) no Hospital del Vinalopó de Elche, em Alicante, onde a mulher estava se recuperando do parto.

A agressão aconteceu sem a presença do bebê, que estava internado na unidade neonatal.

O suspeito foi detido e acusado de tentar agredir a companheira com uma faca com o intuito de degolá-la, segundo o jornal 20 minutos.

Profissionais de saúde acorreram ao quarto e encontraram a mulher com vários cortes nos braços, mãos e dedos. Ela foi transferida para a unidade de cuidados intensivos.

As autoridades estão investigando o que motivou o crime. Acredita-se que o homem tenha ficado revoltado com o fato de a mulher, de 28 anos, ter tentado terminar o relacionamento entre os dois.

Leia Também: Em decisão histórica, pais são condenados a 15 Anos por crime do filho

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Japão em alerta: homem morre em ataque de urso e policiais ficam feridos

Um homem foi encontrado morto e dois polícias ficaram gravemente feridos após um ataque de urso, numa província a nordeste do Japão. A população foi avisada para se manter em alerta. Segundo a Sky News, que cita meios de comunicação japoneses, os polícias foram atacados no sábado (18), na cidade de Kazuno, na província de

Lai Ching-te, novo presidente de Taiwan, toma posse com ilha dividida

PEQUIM, CHINA (FOLHAPRESS) - As cenas de pancadaria no Parlamento de Taiwan correram mundo afora e fizeram o presidente eleito, Lai Ching-te, adiantar-se ao seu aguardado discurso de posse desta segunda-feira (20), publicando em mídia social um apelo aos partidos do próprio governo e da oposição. "Partilho as preocupações de todos sobre o Yuan e

Navio que destruiu ponte nos EUA é rebocado para estaleiro após dois meses

O navio porta-contêineres que atingiu e derrubou a ponte de Baltimore, nos Estados Unidos, foi reflutuado e rebocado nesta segunda-feira (20) para um estaleiro vizinho ao porto após quase dois meses depois do acidente que causou a morte de seis operários que trabalhavam sobre a ponte. Para mover a embarcação aproveitou-se a maré alta. Transferir