Irã teve auxílio de Hezbollah e rebeldes Houthis em ação coordenada contra Israel

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


000 34pc896

O movimento libanês Hezbollah e os rebeldes Houthis, do Iêmen, lançaram foguetes e drones contra Israel, neste sábado (13), logo após o Irã lançar centenas de drones e mísseis em direção ao Estado judeu. A ação, aparentemente coordenada, é a primeira em larga escala partindo de diferentes frentes do chamado Eixo da Resistência contra alvos israelenses — e o primeiro ataque direto que o Irã lança do próprio território contra Israel. O Hezbollah anunciou, em um comunicado pouco depois da meia-noite (18h em Brasília), que disparou dezenas de foguetes contra um quartel israelense nas Colinas de Golã, território ocupado por Israel em 1967. O movimento libanês, que bombardeia posições no país vizinho desde o dia 8 de outubro, não fez nenhuma declaração pública de que o ataque é parte de uma ação coordenada com seus aliados — embora tenha vindo na esteira da ofensiva iraniana. Em paralelo, os Houthi lançaram drones a partir do Iêmen, também durante a noite. De acordo com a empresa de segurança marítima Ambrey, os projéteis estariam programados para atingir Israel ao mesmo tempo em que os disparados pelo Irã chegariam ao território.

Pouco depois da confirmação dos ataques, a delegação permanente do Irã na ONU emitiu uma declaração pública afirmando que a ação lançada a partir de Teerã atendia aos critérios estabelecidos pelo Artigo 51 da Carta das Nações Unidas relativo à legítima defesa, “em resposta à agressão do regime sionista” contra a embaixada do país em Damasco. A delegação disse, no entanto, que não deve haver uma escalada no conflito.

Publicada por Felipe Cerqueira

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Morre o Presidente do Irã Ebrahim Raisi em tragédia de avião

Nesta segunda-feira (20), vários meios de comunicação estatais iranianos anunciaram a morte do Presidente Ebrahim Raisi e do ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian, em uma queda de helicóptero no noroeste do Irã. Ainformação foi divulgada pela agência de notícias Mehr e pelo jornal governamental Iran Daily, mas ainda não existe uma confirmação oficial por

Japão em alerta: homem morre em ataque de urso e policiais ficam feridos

Um homem foi encontrado morto e dois polícias ficaram gravemente feridos após um ataque de urso, numa província a nordeste do Japão. A população foi avisada para se manter em alerta. Segundo a Sky News, que cita meios de comunicação japoneses, os polícias foram atacados no sábado (18), na cidade de Kazuno, na província de

Lai Ching-te, novo presidente de Taiwan, toma posse com ilha dividida

PEQUIM, CHINA (FOLHAPRESS) - As cenas de pancadaria no Parlamento de Taiwan correram mundo afora e fizeram o presidente eleito, Lai Ching-te, adiantar-se ao seu aguardado discurso de posse desta segunda-feira (20), publicando em mídia social um apelo aos partidos do próprio governo e da oposição. "Partilho as preocupações de todos sobre o Yuan e