Justiça concede liberdade a donos de pit-bulls que atacaram escritora

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Os donos dos pit-bulls que atacaram a escritora Roseana Murray estão em liberdade. A Justiça concedeu a soltura de Kayky da Conceição Dantas Pinheiro, Ana Beatriz da Conceição Dantas Pinheiro e Davidson Ribeiro dos Santos

A defesa dos tutores entrou com pedido de Habeas Corpus, que foi concedido após a manutenção da perda temporária da tutela dos cachorros e ainda proibiu que adquiram outros animais domésticos até o julgamento.

O desembargador Gilmar Augusto Teixeira informou que os animais foram apreendidos e recolhidos junto à Secretaria de Proteção Animal do Município de Saquarema, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde aconteceu o caso, na última segunda-feira (8/4).

Segundo o magistrado, não haveria perigo em manter os acusados livres, uma que os cães já não estavam mais sob posse deles. A escritora está internada no Hospital estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Ela teve o braço amputado e as orelhas reconstruídos por conta da violência do ataque.

André Murray, filho de Roseana, deu detalhes do estado de saúde da mãe, que havia sido atendida em estado grave. “De verdade, é um milagre ela ter sobrevivido a esse ataque. Ela já está falando, comendo, está lúcida. Sabe o que aconteceu e os desafios que ela tem que enfrentar daqui para frente”, contou em conversa no Encontro com Patrícia Poeta, da TV Globo.

André se mostrou confiante com a recuperação da matriarca: “Ela está se recuperando e vai se recuperar. E vai aprender a conviver com as limitações que esse ataque causou nela”.

O rapaz ainda comentou a tragédia, que segundo ele, não foi a única na região com os mesmos pit-bulls. “Aconteceu porque os cachorros escaparam de uma casa invadida em Saquarema. Existem vários relatos que eles inclusive já tinham matado um cachorro, já tinham atacado uma pessoa”, completou.

André Murray finalizou lamentando que as autoridades já haviam sido notificadas sobre os cães, mas não deram importância ao caso. “Já tinham sido feitos vários boletins de ocorrência sobre esses cachorros e essa situação”, concluiu.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

No DF, 911 presos não voltaram de Saidões em 5 anos; 2% do total

Entre janeiro de 2020 e maio de 2024, ocorreram 911 fugas durante as saídas temporárias da Papuda, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape-DF). A cada “saídão“, deixaram as celas entre 1.141 e 2.157 presos. A taxa de fugitivos variou de 0,61% até 2,47% do total de beneficiados. No mesmo período, reeducandos

Morador de rua tentou matar agente da PF após discussão sobre comida

O homem em situação de rua que atirou pedras contra um agente aposentado da Polícia Federal iniciou as agressões após policial se negar a comprar um prato de comida para ele. O caso ocorreu na tarde deste sábado (25/5), na Quadra 303 do Sudoeste, área nobre do Distrito Federal. De acordo com o relato da

Mãe negociou virgindade da filha e obrigava ela a fazer programas

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) de Manaus (AM) deflagrou a Operação Resgate, na quinta-feira (23/5), e prendeu em flagrante três pessoas envolvidas em estupro de vulnerável, exploração sexual e favorecimento à prostituição contra uma adolescente de 13 anos. A ação policial foi deflagrada em um motel situado no bairro Gilberto