Moraes vê ‘má-fé’ e nega pedido do X; Musk diz que ministro possui ‘Lula na coleira’

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta terça-feira, 9, o pedido do X no Brasil para ser isentado no caso de descumprimento de ordens judiciais. Os representantes legais da empresa tentaram se antecipar a possíveis sanções e disseram ao STF que não têm poder de decisão sobre as notificações da Justiça. Eles alegaram que se limitam a encaminhar os ofícios das autoridades às sedes nos Estados Unidos e na Irlanda, que, segundo o documento, teriam a palavra final sobre as determinações judiciais.

Em sua decisão, o ministro Alexandre de Moraes afirma que o escritório é um “elo indispensável” para a operação da plataforma no Brasil, mas busca se “eximir de qualquer responsabilidade” sobre as ordens do STF. Ele ainda afirmou ainda que o pedido “revela certo cinismo” e “beira a litigância de má-fé”.

Desde o último sábado, 6, o empresário Elon Musk, dono do X (antigo Twitter), tem feito críticas pesadas a Moraes por causa da suspensão de alguns perfis na rede. Musk passou a ser alvo de investigações da Polícia Federal (PF) por ordem do ministro do Supremo.

Após publicações afirmando que Moraes deveria “renunciar ou sofrer um impeachment” e pedir um “debate aberto” sobre o assunto, Musk incluiu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sua artilharia. Ela se referiu a Moraes como “ditador do Brasil” e afirmou que o ministro do Supremo possui “Lula na coleira”. Em solenidade ontem em Brasília, o petista deu indiretas para o dono do X.

Grupo

O embate de Musk com autoridades brasileiras tem alimentado o cenário de polarização política no País. E também a discussão sobre a necessidade de regulamentação das plataformas digitais. Ontem, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), confirmou que vai criar um grupo de trabalho na Casa para discutir fake news e regulamentação das redes sociais. Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) será retirado da relatoria do tema. A avaliação é de que o projeto de lei relatado pelo parlamentar está “contaminado” e, por isso, ele perdeu as condições de liderar o debate.

De acordo com Lira, o grupo de trabalho deve ter duração de 30 a 45 dias, para que o texto fique “mais maduro” e sem disputas políticas e ideológicas antes de ir a plenário. “O texto foi polemizado”, afirmou. “Teve os problemas da agência reguladora, de todas as versões feitas e praticadas pelas redes sociais com relação à falta de liberdade de expressão, à censura. Quando um texto ganha uma narrativa como essa, ele simplesmente não tem apoio. Não é questão de governo e oposição”, emendou.

Ontem, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara aprovou uma moção de aplauso e louvor a Musk. O requerimento afirma que o empresário faz jus à homenagem por “expor e enfrentar a censura política e infundada” a usuários da plataforma.

Lula: bilionário tem de ‘ajudar a preservar’ o meio ambiente

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou ontem que os países desenvolvidos deem suporte ao financiamento para a preservação de florestas. Sem citar nominalmente Elon Musk, dono do X, Lula disse que o bilionário terá que usar o dinheiro para “ajudar a preservar” o meio ambiente.

“Hoje nós temos gente que não acredita que o desmatamento e as queimadas prejudicam o planeta Terra”, disse, em evento de lançamento de um programa de redução do desmatamento e incêndios florestais na Amazônia.

“Tem até bilionário tentando fazer foguete, tentando fazer viagem para ver se encontra espaço lá fora, não tem. Ele vai ter que aprender a viver aqui, ele vai ter que usar muito do dinheiro que ele tem para ajudar a preservar isso aqui.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia Também: Os melhores e piores aeroportos do mundo em 2024

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Seleção brasileira feminina de vôlei vence Holanda na Liga das Nações

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Holanda, por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 20/25, 25/20 e 25/18, nesta quinta-feira (30), em Macau, na China. Foi a sexta vitória consecutiva na Liga das Nações. O Brasil está invicto na competição, depois de quatro vitórias na primeira no Rio de Janeiro, com

Lula admite não ter base contra pauta de costumes e fará reunião semanal com líderes após derrotas

(FOLHAPRESS) - As derrotas sofridas pelo presidente Lula (PT) na sessão do Congresso Nacional nesta semana ampliaram o diagnóstico do petista e de sua equipe de que o governo não tem base para conseguir vitórias na chamada pauta de costumes defendida pelo bolsonarismo. A avaliação foi feita pelo próprio chefe do Executivo em reunião nesta

Paulinho recebe homenagens em emotivo adeus ao Corinthians

Ao lado dos quatro troféus conquistados na vitoriosa passagem pelo Corinthians, com destaque para a Libertadores e o Mundial de 2012, e com a família presente, o volante Paulinho se despediu do clube nesta quarta-feira (29). O jogador que deu alegrias à torcida recebeu homenagens pelas 219 partidas disputadas e 40 gols anotados e se