Patrícia Didier toma posse como desembargadora substituta e TRE-BA volta a ter duas mulheres no colegiado

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Eleita para o cargo de desembargadora substituta do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) em fevereiro, a juíza Patrícia Didier de Morais Pereira assumiu oficialmente a função na tarde desta quinta-feira (11). Ela ocupará a cadeira, na classe de juízes de direito, no biênio 2024-2026. 

 

“É com muita alegria que estou hoje aqui vendo rostos amigos, muita felicidade em fazer parte deste tribunal,” declarou. Ela também destacou a importância das próximas eleições municipais, a serem disputadas em 6 de outubro, ressaltando a necessidade de uma postura firme quanto à transparência, segurança e legitimidade do pleito.

 

Durante a solenidade, que ocorreu no gabinete da presidência do TRE-BA, a magistrada recebeu a Comenda da Cidadania Desembargador Jatahy Fonseca, uma distinção oferecida por conta de sua posse.

 

“É muito fácil falar da juíza Patrícia Didier, profissional dedicada, estudiosa, que realmente veste a camisa da magistratura,” disse o  presidente do TRE-BA, desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto, reforçando a confiança na “contribuição valiosa” que a nova desembargadora trará à Corte.

 

Com a posse, o TRE-BA volta a ter duas mulheres na composição do colegiado, que conta com 11 membros entre titulares e substitutos. Atualmente, a outra desembargadora do sexo feminino é Arali Maciel Duarte, ocupante do cargo na classe de juízes federais. Já na classe dos advogados, na função de desembargadora eleitoral substituta, no lugar de Carina Cristiane Canguçu Virgens, um homem será conduzido já que a lista tríplice é composta por Ricardo Borges Maracajá Pereira, Matheus Cayres Mehmeri Gusmão e Luiz Machado Bisneto (saiba mais).

 

Patrícia Didier de Morais Pereira foi a única candidata ao cargo e foi eleita com 54 votos favoráveis de um total de 61 desembargadores presentes no Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

 

A juíza iniciou a sua carreira na Vara Única de Pindobaçu, e, posteriormente, atuou como titular da Vara Única de Sento-Sé, do Jecrim de Juazeiro, e da Vara da Mulher, em Feira de Santana. Atuou também como titular da 11ª Vara de Substituições, da Comarca de Salvador, na gestão do Poder Judiciário da Bahia, como Juíza Auxiliar do corregedor-geral de Justiça. Patrícia Didier é formada pela Faculdade de Direito da Universidade Católica do Salvador (Ucsal).

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Número de adolescentes baleados em Salvador e RMS neste ano sobe para 24

Salvador e Região Metropolitana (RMS) têm sido cenário de uma onda de violência armada envolvendo adolescentes. Neste sábado (25), um adolescente, identificado como Rian Kaique, de 15 anos, foi vítima de múltiplos disparos na cabeça enquanto estava sentado em um banco na frente de uma residência na Rua Borges de Barros, no bairro de Imbassaí

Vídeo: após urinar na rua, delegado é desarmado em briga com morador

São Paulo — Um novo vídeo mostra a sequência da discussão que começou após o delegado Fernando Henrique Justino, de 37 anos, urinar em frente a um comércio, no Belém, na zona leste de São Paulo, na última sexta-feira (24/5). Ele foi baleado por um policial militar de folga logo em seguida. Nas imagens de

Vídeo mostra delegado urinando em frente a comércio: “Tem problema?”

São Paulo — Um vídeo feito por uma testemunha, na tarde da última sexta-feira (24/5), mostra um delegado da Polícia Civil urinando em frente a um comércio, na Rua Irmã Carolina, no Belém, zona leste de São Paulo, momentos antes de ser baleado por policial militar de folga. Nas imagens, publicadas pelo G1, o delegado