PF prende hacker suspeito de invadir sites do Senado, Exército e TSE

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã desta terça-feira (9/4), mandado de prisão preventiva contra um hacker suspeito de invadir os sites do Exército Brasileiro, Senado Federal e Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ele é apontado como o responsável pelo maior vazamento de dados do Brasil, com a divulgação de informações de 223 milhões de brasileiros.

O mandado de prisão foi cumprido na cidade de Feira de Santana (BA). O hacker Marcos Roberto Correia da Silva, conhecido como Vandathegod, estava foragido desde novembro de 2023, quando rompeu tornozeleira eletrônica que utilizava em face das investigações da Operação Deepwater.

Segundo a PF, o detido também já foi alvo de outras operações. Em 2019, o hacker foi preso na Operação Defaced, realizada pela Polícia Civil, como suspeito de ter invadido os sites da Polícia Civil de Minas Gerais, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), do Tribunal de Justiça de Goiás e do Exército Brasileiro.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Federal de Uberlândia (MG) e o preso ficará à disposição da Justiça no Centro de Observação Penal, em Salvador (BA).

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

No DF, 911 presos não voltaram de Saidões em 5 anos; 2% do total

Entre janeiro de 2020 e maio de 2024, ocorreram 911 fugas durante as saídas temporárias da Papuda, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape-DF). A cada “saídão“, deixaram as celas entre 1.141 e 2.157 presos. A taxa de fugitivos variou de 0,61% até 2,47% do total de beneficiados. No mesmo período, reeducandos

Morador de rua tentou matar agente da PF após discussão sobre comida

O homem em situação de rua que atirou pedras contra um agente aposentado da Polícia Federal iniciou as agressões após policial se negar a comprar um prato de comida para ele. O caso ocorreu na tarde deste sábado (25/5), na Quadra 303 do Sudoeste, área nobre do Distrito Federal. De acordo com o relato da

Mãe negociou virgindade da filha e obrigava ela a fazer programas

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) de Manaus (AM) deflagrou a Operação Resgate, na quinta-feira (23/5), e prendeu em flagrante três pessoas envolvidas em estupro de vulnerável, exploração sexual e favorecimento à prostituição contra uma adolescente de 13 anos. A ação policial foi deflagrada em um motel situado no bairro Gilberto