Recursos contra liberdade condicional de Daniel Alves são rejeitados, e ex-jogador continua solto

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto


danielalves

O Tribunal Superior de Justiça da Catalunha anunciou nesta quarta-feira (10) que rejeitou os recursos contra a liberdade condicional do jogador Daniel Alves. A Audiência de Barcelona “rejeita os recursos apresentados contra a decisão que concedeu liberdade sob fiança do condenado Daniel Alves”, anunciou o órgão. Alves, de 40 anos, saiu em 25 de março da prisão que cumpria desde janeiro de 2023, após pagar uma fiança de um milhão de euros (5,4 milhões de reais), e enquanto são julgados os recursos contra sua condenação. O Ministério Público e a defesa da vítima recorreram contra sua saída da prisão, alegando risco de fuga, algo desestimado pelos magistrados, que retiraram o passaporte de Daniel e lhe impuseram a obrigação de apresentar-se semanalmente ao tribunal.

O ex-jogador do Barcelona, do PSG e da Seleção foi condenado a quatro anos e meio de prisão em fevereiro por estuprar uma mulher no banheiro de uma boate na capital catalã no final de 2022, após a Copa do Mundo do Catar. O tribunal o condenou também a cinco anos adicionais de liberdade vigiada, ordem de afastamento da vítima por nove anos e meio e ao pagamento de uma indenização de 150 mil euros (cerca de 815 mil reais). A defesa de Alves, que durante o julgamento pediu sua absolvição, recorreu da decisão, assim como o Ministério Público, que quer endurecer a pena. A resolução destes recursos pode levar meses.

*Com informações da AFP

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Dudu participa de jogo-treino, é destaque de goleada do Palmeiras e se aproxima da volta

O retorno de Dudu ao Palmeiras está cada vez mais próximo. Após nove meses afastado devido a uma lesão no joelho, o atacante vem se recuperando e adquirindo ritmo para voltar a jogar. Em um jogo-treino contra o São Caetano, na Academia de Futebol, Dudu marcou um gol na goleada por 8 a 1, enquanto

Barcelona demite Xavi Hernández após temporada sem conquistas

O treinador e ídolo do Barcelona, Xavi Hernández, foi demitido pelo clube catalão após uma temporada sem conquistas. A decisão foi comunicada pelo presidente Joan Laporta durante uma reunião na Cidade Esportiva Joan Gamper. Xavi não continuará como técnico do time principal na próxima temporada. O Barça agradeceu ao ídolo pelo seu trabalho como treinador

Inter diz que não tem previsão de quando poderá jogar novamente no estádio Beira-Rio

A direção do Internacional fez uma atualização nesta quinta-feira (23), sobre projeções e estimativas relativos ao estádio Beira-Rio e ao seu centro de treinamento, ambos muito afetados pela tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul, nas últimas semanas. De acordo com o clube gaúcho, ainda não há previsão para o time voltar a jogar