São Paulo faz dois gols no fim, vence Cobresal na Libertadores e alivia pressão

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 3 minutos


calleri

O São Paulo conquistou a sua primeira vitória na Libertadores em um jogo sofrido contra o Cobresal. A equipe só chegou ao gol nos minutos finais do segundo tempo. André Silva e Calleri, foram os autores dos gols tricolor. A marcação do argentino nesta quarta-feira (10) fez com que ele entrasse ainda mais para a história do São Paulo, ao se tornar, ao lado de Pedro Rocha, o estrangeiro que mais marcou vestindo a camisa tricolor. O resultado, dá um alívio para o São Paulo, que perdeu na estreia da competição para o Talleres, da Argentina. A vitória faz com que a equipe do Morumbi assuma, temporariamente, a segundo posição do Grupo B, e alivia a pressão sobre o técnico Thiago Carpini.

O São Paulo dominou o primeiro tempo, mas foram poucas as chances efetivas de gol. O tricolor tinha mais posse de bola e até conseguia encaixar as jogadas, mas fazia um jogo muito lento, o que acabava interferindo do desempenho das jogadas. Callerri assustou logo no começo do jogo e fez a torcida acreditar que era possível ganhar. Após um passe de James, ele acertou uma cabeçada em direção ao gol, mas o goleiro Leandro Requena defendeu e depois a arbitragem marcou impedimento. Um minuto depois, foi a vez de Luciano tentar. Mas a bola passou por cima. Aos 10, James quase fez, mas parou nas mãos do goleiro.

O São Paulo seguiu tendo vantagem no jogo contra um Cobresal que não levou nenhum perigo ao gol de Rafael no primeiro tempo e que quase não passava do meio do campo. A melhor chance tricolor veio aos 30 minutos, com Luciano, mas o jogador perdeu o que seria o primeiro gol do São Paulo. O tricolor foi para o intervalo devendo um resultado para torcida, que não perdoou e vaiou o desempenho nos primeiro 45 minutos. Na volta para o segundo tempo, apesar do descontentamento, o torcedor que lotou o Morumbi não deixou de cantar e apoiar o time. Aos 4 minutos, após uma jogada de Igor Vinícius e assistência de Calleri, Luciano abriu o placar, mas nem foi para comemoração, porque a arbitragem marcou impedimento quando Calleri recebeu a bola.

No minuto seguinte, o tricolor quase marcou novamente em uma cabeçada após cobrança de escanteio, mas o goleiro Requena defendeu. A São Paulo seguia com o domínio do jogo, mas não conseguia ter boas oportunidades para marcar e quando tinha não aproveitava. O Cobresal, que só se defendeu durante todo o jogo, assustou a torcida tricolor em dois momentos, que fez com que o goleiro Rafael precisasse trabalhar pela primeira vez na partida. Apesar do susto, o São Paulo não se escondeu no jogo e manteve o rendimento.

Até que aos 32, André Silva começou uma jogada e o próprio concluiu, marcando primeiro gol do tricolor e o primeiro dele com a camiseta do São Paulo. Sete minutos depois, Calleri, marcou o segundo para o São Paulo. Foram necessárias duas tentativas, mas fazendo jus a sua canção ‘Toca no Calleri que é gol’, ele não desperdiçou. Com a marcação, ele passa a ser o estrangeiro com mais gols pelo São Paulo.  A vitória tricolor, traz uma pouco de alívio para o time que perdeu de 2 a 1 na primeira rodada e ocupava a lanterna do Grupo B. A vitória coloca o time, temporariamente, na segunda posição.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Flamengo vence Millonarios, fica em 2º no grupo e garante vaga nas oitavas da Libertadores

Sem dificuldades, o Flamengo derrotou o Millonarios por 3 a 0 e garantiu sua classificação nas oitavas da Libertadores. A equipe de Tite ficou terminou a fase de grupos na segunda posição do Grupo E, liderado pelo Bolívar, que venceu o palestino por 3 a 1. Os flamenguistas marcaram presença no Maracanã, no Rio de Janeiro

Corinthians vence Racing por 3 a 0 e garante vaga direta nas oitavas da Sul-Americana 

O Corinthians entrou em campos nesta terça-feira (28) e, em uma bela atuação, derrotou o Racing, do Uruguai, por 3 a 0, em um jogo que marcou a despedida de Paulinho do time alvinegro. A vitória, válida pela última rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana, garantiu a classificação direta dos corintianos às oitavas de

Endrick se emociona em festa de despedida do Palmeiras: ‘Vou sentir saudades’

O jovem Endrick, de 17 anos, faz o último jogo pelo Palmeiras na próxima quinta-feira (30), em duelo contra o San Lorenzo no Allianz Parque, pela Libertadores. O atacante ganhou uma festa de despedida da equipe alviverde de amigos e familiares e se emocionou ao falar sobre a saída do clube. “Agradeço muito a minha mãe