Terremoto em Taiwan provoca desabamento de edifícios

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos


terremoto taiwan

Ao menos dois prédios desabaram na cidade de Hualien, no leste de Taiwan, após o terremoto de magnitude 7,4 que atingiu a região. Estima-se que algumas pessoas estejam presas, disse um funcionário dos bombeiros.  “O terremoto foi perto da superfície e é raso. Foi sentido em toda Taiwan e nas ilhas […] É o mais forte em 25 anos”, disse Wu Chien-fu, diretor do Centro Sismológico de Taiwan, referindo-se ao terremoto de magnitude 7,6 de setembro de 1999, que deixou 2.400 mortos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) indicou que o terremoto teve uma magnitude de 7,4.

cta_logo_jp

Segundo o USGS, o terremoto teve seu epicentro a 18 km ao sul de Hualien, com uma profundidade de 34,8 km. Autoridades de Taiwan, Japão e Filipinas emitiram alertas de tsunami para suas regiões costeiras, embora a ameaça tenha sido reduzida, informou o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico. Mesmo assim, o principal aeroporto da região de Okinawa, no sul do Japão, suspendeu os voos devido ao risco de tsunami.

O terremoto foi sentido em toda Taiwan e teve várias réplicas, uma delas de magnitude 6,5 perto de Hualien, segundo a agência meteorológica da ilha. Na capital, Taipé, o metrô suspendeu a circulação por quase uma hora, e as autoridades pediram aos moradores que ficassem atentos para vazamentos de gás. “Eu queria sair correndo, mas não estava vestido. Foi tão forte”, disse Kelvin Hwang, hóspede de um hotel no centro.

*Com informações da AFP

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Dezenas de baleias encalham em massa na Austrália

Cerca de 160 baleias-piloto encalharam em uma praia perto da cidade de Dunsborough, no sudoeste do estado da Austrália, nesta quinta-feira (25). Pelo menos 26 delas, morreram. A área é uma região popular entre os turistas, e a cerca de 236 km ao sul da capital do estado, Perth. Os funcionários do Departamento de Biodiversidade

Gripe aviária: OMS quer rede mundial e alerta para “potencial epidêmico”

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta quarta-feira (25), para a importância de criar redes mundiais de detenção do vírus H5N1, que causa a gripe aviária, e que tem vindo criar alertas. Segundo a epidemiologista Maria Van Kerkhove, apesar de a rede de vigilância das aves já estar muito desenvolvida, "o que realmente precisamos

Milão proíbe venda de sorvetes e bebidas nas ruas após a meia-noite

A cidade de Milão, na Itália, implementou uma nova legislação que restringe a venda de sorvetes e bebidas que possam ser consumidos nas ruas depois da meia-noite, após excesso de reclamações de moradores sobre o barulho e a agitação noturna. Citado por jornal italiano, o vereador Marco Granelli disse que a lei foi criada visando