Turquia conclui resgate de 174 pessoas após acidente em teleférico

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


turquia

Os trabalhos de resgate das 174 pessoas que ficaram presas em um teleférico localizado na cidade turística Antalya, na Turquia, foram concluídos neste sábado (13). Segundo o Ministério do Interior do país, uma das cabines do teleférico bateu em um poste e seus passageiros caíram em uma área rochosa, causando a morte de um dos ocupantes e ferindo outras dez pessoas. Após tratar e evacuar os feridos, as equipes de resgate começaram a evacuar os visitantes das demais cabines, em uma operação que demorou 23 horas para ser concluída.

cta_logo_jp

O teleférico danificado transporta turistas da praia de Konyaalti até um restaurante e plataforma de observação no topo do pico Tünektepe, a mais de 600 metros de altura. Mais de duas mil pessoas e quatro helicópteros participaram dos trabalhos de resgate, que tiveram dificuldade por conta vento. O ministro da Justiça turco, Yılmaz Tunç, afirmou que um relatório preliminar apontou a corrosão e o mau estado de certos elementos do teleférico como a causa do acidente.

A investigação também concluiu que a empresa que explora a linha não possuía plano de emergência e evacuação, razão pela qual foram emitidos mandados de detenção para 13 suspeitos, incluindo funcionários da empresa operadora e da empresa responsável pela manutenção.

*Com informações da Agência EFE

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Agência da ONU estima mais de 670 mortos por deslizamento em Papua-Nova Guiné

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deslizamento de terra que atingiu vilarejos ao norte de Papua-Nova Guiné, na Oceania, na última sexta-feira (24) pode ter deixado mais de 670 mortos, afirmou a OIM (Organização Internacional para as Migrações) das Nações Unidas neste domingo (26). A estimativa da agência da ONU (Organização das Nações Unidas) dobra

Hamas afirma ter realizado ataque com foguetes contra Israel

O braço armado do Hamas, as Brigadas al-Qassam, anunciaram, este domingo, o lançamento de uma "enorme onda de foguetes" contra Telaviv, em Israel, quando as forças armadas israelitas faziam soar as sirenes no centro da cidade, alertando para a possibilidade de lançamento de foguetes. As Brigadas al-Qassam, através de um comunicado publicado no seu canal

Brasileiro refém do Hamas é enterrado em Israel

Michel Nisembaum, brasileiro de 59 anos, foi enterrado em Ashkelon, Israel, após desaparecer durante ataque do Hamas. Seu corpo foi encontrado pelo Exército israelense na última sexta-feira (24), juntamente com os corpos de Orión Hernández Radoux e Hanan Yablonka. Segundo o jornal Times of Israel, durante a cerimônia, a filha do brasileiro, Chen, se pronunciou: