Vereador Brazão fica sem partido após discutir com viúva de Marielle

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O vereador Waldir Brazão, que discutiu a viúva de Marielle Franco, Monica Benício, amarga um abandono político poucas vezes visto na política do Rio de Janeiro. Mesmo exercendo um mandato eletivo, o parlamentar não recebeu convite para se filiar a nenhum partido. Batizado Waldir Moreira Junior, Waldir Brazão adotou o nome político por ser um aliado da família Brazão, acusada de envolvimento no assassinato de Marielle.

Até o fim desta terça-feira (9/4), o vereador não comunicou à Câmara Municipal a filiação a nenhum partido político. Como a janela de transferências se encerrou nesta sexta-feira (5/4), Waldir permanecerá sem vínculo partidário. Dessa forma, ele não terá assento no colégio de líderes, uma vez que não tem chances de representar nenhuma sigla.

Em dezembro de 2023, Waldir Brazão discutiu com a vereadora Monica Benício em uma sessão na Câmara. O episódio teve início quando Monica criticou a nomeação de Chiquinho Brazão, pelo prefeito Eduardo Paes, para comandar a Secretaria de Ação Comunitária. Ela pontuou que, à época, Chiquinho já era visto como suspeito pelo assassinato de Marielle.

Waldir Brazão, então, afirmou que o assassinato de Marielle Franco era a “única pauta” de Monica Benício no parlamento.

“O [ex-deputado Marcelo] Freixo prendeu um monte de gente na CPI das Milícias e a gente passou batido, como vem passando batido em tudo. A menos quando querem se aproveitar do nome que a gente tem. Do que a gente construiu. Toda vez que ela fizer isso, eu vou responder. Cada vez num grau maior”, disse ele.

Filho de Brazão será candidato Waldir Brazão se elegeu vereador em 2018 pelo Avante, mas deixou a sigla em outubro de 2023. E é provável que ele nem tente a reeleição. Isso porque Kaio Brazão, filho de Domingos Brazão, pretende disputar uma vaga na Câmara Municipal este ano.

A coluna entrou em contato com o gabinete do vereador às 16h30 desta terça-feira (9/4). Um servidor do gabinete informou que nem o vereador nem o assessor de imprensa estavam disponíveis para abordar o assunto.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Saiba quem é o CEO que ganhou mais de US$ 16 bilhões em 2 dias

Jensen Huang, o CEO e cofundador da fabricante de chips Nvidia, tem o hábito irritante – principalmente para seus concorrentes – de fazer fortunas em menos de 24 horas. Foi assim nesta quinta-feira (23/5), quando ele faturou US$ 7,65 bilhões (o equivalente a R$ 39,4 bilhões). E já havia sido assim em fevereiro, também numa

Saiba quem é Matteo, filho de Andrea Bocelli que também é tenor

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Andrea Bocelli, 65, e seu filho Matteo Bocelli, 26, têm encantado o público com a turnê pelo Brasil. O cantor italiano vem dividindo o palco com seu filho, que também é tenor. Em uma apresentação realizada na Arena BRB Mané Garrincha, em Brasília, eles emocionaram seus fãs, além de contar

Artista quebra tabu e retrata sexualidade de pessoas com deficiência

O capacitismo, termo recente que designa o preconceito com pessoas deficientes, infelizmente, está enraizado e presente em todas as áreas, inclusive na sexualidade. Foi pensando nisso que o jornalista, diretor e roteirista Daniel Gonçalves idealizou o projeto Assexybilidade, que engloba um documentário sobre o sexo e sexualidade de pessoas deficientes, além de uma exposição fotográfica.