“Eu acho um absurdo o mandato coletivo”, crava Ademir Ismerim; advogado esclarece pontos

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A divisão de um mandato parlamentar entre várias pessoas, sem hierarquia e decisões em grupo. Teoricamente, assim se define um mandato coletivo e, embora cada vez mais frequente, esta modalidade não possui regulamentação no Brasil e na prática, apenas o nome de uma única pessoa é registrado perante à Justiça Eleitoral. 

 

Na visão do advogado eleitoralista, Ademir Ismerim Medina, o mandato coletivo não cumpre a tese proposta, burla a quantidade permitida por lei de candidatos por partido e abre brechas, inclusive, para que políticos inelegíveis de disputar as eleições concorram ao pleito indiretamente. 

 

“Eu acho um absurdo mandato coletivo. Só pode registrar um, os outros fazem propaganda e quando se elege, só um vai tomar posse e quem entrou também vai normalmente ter um cargo de assessor… é um negócio completamente louco!”, cravou em entrevista ao JusPod – podcast jurídico do Bahia Notícias -, nesta quinta-feira (9).

 

 

 

Para as eleições de 2022, pela primeira vez, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou inserções com a menção a grupos ou coletivo de apoiadores junto do nome do candidato a deputado ou senador. Segundo o TSE, nas últimas eleições foi registrado número recorde de mandatos coletivos, 213 no total. 

 

Em Salvador, atualmente a Câmara Municipal conta com um mandato coletivo. A Pretas por Salvador, eleita pelo Psol, tem três mulheres: Laina Crisóstomo, Cleide Coutinho e Gleide Davis. A diplomação no cargo de vereadora é de Laina.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

PM apreende 5 adolescentes por tentativa de arrastão em rodovia em SP

São Paulo – A Polícia Militar (PM) apreendeu cinco adolescentes suspeitos de uma tentativa de arrastão na rodovia Lix da Cunha (SP-073), conhecida como Estrada Velha de Indaiatuba, na altura do Jardim Itaguaçu 2, em Campinas, interior de São Paulo. De acordo com a corporação, os suspeitos estavam tentando roubar os carros que estavam parados

Suspeito de integrar ‘Central de Fake News’ é alvo de operação na RMS

Um homem suspeito de integrar 'central de fake news' com atuação no Rio Grande do Norte foi preso, nesta segunda-feira (27), após mandado de busca e apreensão cumprido em sua residência, no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.    A ação ocorreu como parte do desdobramento da 'Operação DesFarsa', deflagrada pelo

Inquilina é morta, na frente do filho de dois anos, por ex-namorado de dona do imóvel

Uma mulher foi morta a facadas enquanto dormia ao lado do seu filho de dois anos na cidade de Guaramirim, em Santa Catarina. O suspeito do crime é o ex-companheiro da proprietária do imóvel. Após o crime, o homem filmou a cena e foi preso preventivamente.   De acordo com o G1, a ex-companheira dele