Campanha de vacinação contra a gripe começa no dia 4 de abril

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – A campanha de vacinação contra a gripe terá início no Brasil no dia 4 de abril. Segundo o Ministério da Saúde, serão distribuídas 80 milhões de doses da vacina influenza para todo o país.

A campanha acontecerá em duas etapas. A primeira, que ocorre de 4 de abril a 2 de maio, irá contemplar idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores de saúde. Outros grupos receberão a vacina na segunda etapa, que ocorrerá de 3 de maio a 3 de junho.

O dia D de mobilização nacional está previsto para o dia 30 de abril. A previsão é que a campanha termine no dia 3 de junho.

Segundo a pasta, a vacinação contra a influenza pretende prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença e óbitos, além de minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas nos grupos prioritários, que podem ser confundidos com os da Covid-19. Também tem o objetivo de reduzir a sobrecarga sobre os serviços de saúde.

A vacina Influenza trivalente utilizada pelo SUS é produzida pelo Instituto Butantan. Ela é composta pelos vírus H1N1, a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin. Esse subtipo foi o responsável pela epidemia de gripe fora de época que atingiu São Paulo, Rio de Janeiro e outros estados no fim de 2021 e início de 2022.

O Instituto Butantan disse, em nota, que já entregou 2 milhões de doses para o Ministério da Saúde em fevereiro deste ano. A previsão é que entregue 40 milhões no fim de março e os outros 40 até final de abril.

As vacinas contra a Covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de 12 anos.

No entanto, as crianças de 5 a 11 anos deverão aguardar um período de 15 dias entre a vacina Covid e influenza. A prioridade é que esse público receba primeiro a vacina contra o novo coronavírus.

A meta é vacinar 90% da população de cada grupo. No total, pasta prevê que cerca de 76,5 milhões de pessoas façam parte dos grupos considerados prioritários.

ETAPAS DA CAMPANHA

1ª etapa: 36, 09 milhões de pessoas contempladas

Data: 04/04 a 02/05
Público:
Idosos com 60 anos ou mais
Trabalhadores da saúde

2ª Etapa: 40,42 milhões de pessoas contempladas

Data: 03/05 a 03/06
Público:
Crianças (6 meses a Gestantes
Puérperas
Povos indígenas
Professores
Pessoas com comorbidades
Pessoas com deficiência permanente
Caminhoneiros
Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário
Trabalhadores portuários
Forças de segurança e salvamento
Forças Armadas
Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade
População privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Tudo o que precisa de fazer para garantir a saúde e bem-estar do seu gato

Os animais de estimação trazem alegria a qualquer casa, no entanto, não são meros acessórios e é preciso tratar muito bem deles. Os gatos são, normalmente, mais independentes do que os cães, mas isso não significa que devem receber menos carinhos e cuidados.Por isso,...

Em último dia de campanha, ACM Neto prega voto útil

O candidato a governador ACM Neto (União Brasil) destacou na noite deste sábado (1º) a sua confiança de vitória no primeiro turno e pregou o voto útil para derrotar o grupo que governa o estado há 16 anos. A declaração ocorreu após seu...