Jerônimo Rodrigues tem trajetória testada e aprovada, diz PT

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O presidente do PT na Bahia, �?den Valadares, defendeu a indicação do nome do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, para encabeçar a chapa da base do partido na Bahia. Segundo Valadares, apesar de desconhecido, Rodrigues tem um trajetória experimentada e oferecerá um �??grande palanque�?? para o ex-presidente Lula na Bahia. 
�??Com muita maturidade, com muita tranquilidade, estamos apresentando uma tática eleitoral ousada, que é a apresentação de um nome político de renovação da política baiana, com trajetória testada e aprovada na gestão pública e na relação com a sociedade civil.”, disse Valadares, que foi o convidado desta segunda-feira, 14, do programa Isso �? Bahia, da RÁDIO A TARDE FM. “Nós estamos apresentando o nome de alguém que vai liderar o palanque de Lula na Bahia, de Rui e Wagner�?�, confirmou. 
Valadares acredita que nas eleições para o governo do estado deste ano acontecerá o que ocorreu em 2006 e 2014, quando, respectivamente, Jaques Wagner e Rui Costa, até então �??desconhecidos�??, se elegeram, contrariando previsões eleitorais. 
�??Para nós, (candidato desconhecido) não é uma novidade. Em 2006, tivemos esse desafio, com a campanha de Jaques Wagner, e também  em 2014 com Rui Costa, quando nos propusemos esse desafio, o desafio da inovação , da renovação, da apresentação de um quadro novo da política baiana�?�, explicou.
De acordo com o presidente do PT na Bahia, Jerônimo Rodrigues é o �??homem de confiança�?? do governador. “No governo do estado ele (Jerônimo) sempre foi um o homem de confiança de Rui Costa. Quando Rui precisou criar uma secretaria especial para o investimento na agricultura familiar (SDR – Secretaria de Desenvolvimento Rural) foi Jerônimo que ele chamou, quando Rui costa precisou colocar a educação em um patamar de investimento que há décadas a gente não via, foi Jerônimo que ele convidou�?�, defendeu. 
�??Estamos apresentando alguém que é unanimidade no PT, que é reconhecido por todo o PT da Bahia, do nosso militante de base aos dirigentes estaduais, passando por nossas bancadas,  alguém com compromisso histórico com a luta da esquerda, alguém com capacidade técnica e liderança política testada�?�, avaliou.
Saída do PP
Em meio a rumores de que PP está prestes a desembarcar da base governista,  �?den Valadares, afirmou que o vice-governador e presidente do PP no estado, João Leão, ainda não ligou ou cravou nada com governador Rui Costa. Para Valadares, o que há, para além disso, são �??especulações�?? .
�??Conversei hoje de manhã, logo cedo, com o governador Rui Costa e, oficialmente, o governador ainda não recebeu ligação de  João Leão, não se sentou com João Leão, e estamos tratando (o rompimento do PP com o PT)  ainda como especulação. Esperamos ao longo deste dias continuar trabalhando pela unidade do nosso grupo�?�, disse 
�??Estamos em um momento de janela partidária aberta, com definição de candidaturas, são momentos de ebulição das articulações políticas. A gente vê muita especulação, mas o fato é o seguinte, temos dialogado muito com todos os partido da base, inclusive com o PP, oferecemos o nome de Jerônimo ao governador Rui Costa e aliados, e conversamos com todos.�?�, continuou. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Malafaia chama Moraes de ditador, pede renúncia nas Forças e diz que Pacheco é frouxo

Na manifestação em Copacabana neste domingo, 21, o pastor Silas Malafaia, um dos organizadores do ato em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), adotou uma retórica agressiva contra autoridades da República, referindo-se ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes como um "ditador com modus operandi" e descrevendo o presidente do Senado, Rodrigo

Bolsonaro: ‘Quando se fala em estado de sítio, era proposta para ser submetida ao Parlamento’

O ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou que a "minuta do golpe", como ficou conhecido o documento que previa a intervenção no Poder Judiciário para impedir a posse do presidente Lula e convocar novas eleições, não tratava de decretar estado de sítio no Brasil com uma canetada. Segundo ele, o documento se tratava de uma proposta que

Brasil precisa de mais testosterona, diz Nikolas Ferreira em ato pró-Bolsonaro no rio

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) disse que o Brasil precisa de "mais testosterona" e negou a necessidade de mais projetos de lei e emenda. Num discurso de pouco mais de cinco minutos, Nikolas fez ataques ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e elogiou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o pastor Silas Malafaia.