TAGS

Metroviários de Belo Horizonte fazem greve contra privatização da CBTM

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Moradores da região metropolitana de Belo Horizonte (MG) que precisam utilizar o metrô nas primeiras horas da manhã se depararam  hoje (21) com as 19 estações da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) fechadas.ebcebc

A interrupção dos serviços faz parte da mobilização dos metroviários que, no último dia 15, em assembleia, aprovaram paralisar suas atividades parcialmente a partir da 0h de hoje. Além de se opor à proposta do governo federal de privatizar as operações mineiras da CBTU, a categoria se queixa da falta de respostas da companhia nas atuais negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

Segundo a CBTU, as 19 estações existentes em Belo Horizonte e Contagem permaneceram fechadas entre 5h30 e 10h, quando o sistema voltou a operar. A companhia estimou que cerca de 37 mil pessoas que costumam usar o metrô neste horário deixaram de ser transportadas.

De acordo com o Sindicato dos Metroviários (SindiMetro), pelo tempo que durar a paralisação, os trens funcionarão apenas das 10h às 17h, em escala reduzida, com o mínimo de trabalhadores necessários à manutenção dos serviços essenciais.

�??Basta o governo negociar que estaremos dispostos a cumprir escala integral�?�, disse o sindicato, em nota. �??Decidimos entrar em greve como último recurso para defender nosso ganha-pão e o direito das pessoas de ir e vir�?�, acrescentou a organização, afirmando que a concessão de serviços públicos à iniciativa privada tem prejudicado a população e os servidores públicos.

�??A categoria vê seus direitos reduzidos e seus salários corroídos. A população de Belo Horizonte começou a pagar uma passagem de metrô muito cara. Não porque o metrô é estatal, mas sim, porque querem privatizá-lo e fazer dele um negócio lucrativo.�?�

Em nota, a CBTU ressalta que a decisão dos metroviários quanto à manutenção de uma escala mínima de funcionários trabalhando das 10h às 17h contraria decisão liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que determinou que o SindiMetro garanta a presença do mínimo de trabalhadores necessários para a manutenção dos serviços, entre as 5h30 e 10h, e das 16h30 às 20h, sob risco de ser multado em R$ 30 mil por dia.

De acordo com a CBTU, em dias úteis, aproximadamente 35 mil passageiros costumam usar o metrô entre 17h e 23h, quando normalmente são encerradas suas operações diárias. Desta forma, segundo a estatal, a interrupção das atividades entre 5h30 e 10h e das 17h às 23h prejudicará aproximadamente 72 mil dos 100 mil usuários/dia do sistema.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Netanyahu diz que Lula ‘cruzou linha vermelha’ ao comparar ações em Gaza a Holocausto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, afirmou neste domingo (18) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) "cruzou a linha vermelha" ao comparar as ações do país na Faixa de Gaza ao extermínio conduzido por Adolf Hitler, no qual 6 milhões de judeus foram mortos de forma sistemática

Homem mata o pai, o irmão e mais 10 familiares no Irã

Um homem matou, no sábado, 12 familiares na província de Kerman, no Irã, devido a disputas familiares.  Entre as vítimas estão o pai e o irmão do atirador, de 30 anos, segundo revelou o chefe do departamento de justiça de Kerman, Ebrahim Hamidi. De acordo com a Associated Press, o homem usou uma arma Kalashnikov

Criança de 9 anos é presa após morte de familiar nos EUA

Uma tragédia familiar abalou a cidade de Tooele, no estado de Utah, nos Estados Unidos. Uma criança de 9 anos foi detida após um familiar ser morto com um tiro na cabeça, na noite do dia 16 de fevereiro, de acordo a ABC News. O sexo da criança não foi divulgado, assim como o grau