Segue o líder: Bahia goleia o Londrina na Fonte Nova e volta ao topo da Série B

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O Bahia está de volta à liderança da Série B. Na noite desta terça-feira (3), o Esquadrão não tomou conhecimento do Londrina e goleou o time paranaense por 4×0, na Fonte Nova. O triunfo do Esquadrão foi construído ainda no primeiro tempo. Rildo, duas vezes, e Daniel, fizeram 3×0 na primeira etapa. 

No segundo tempo, Marco Antônio também deixou o dele e completou o placar elástico para o time baiano.  

A vitória deixa o Bahia com 13 pontos em seis jogos no Brasileirão. O Esquadrão se isolou na liderança da Segundona. O Grêmio, que ainda joga na rodada, é o segundo colocado com 10 pontos. 

O próximo compromisso do tricolor na Série B será contra o Vasco, no dia 15 de maio, em São Januário. Antes, o time baiano pega o Azuriz-PR, na terça-feira (10), pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. 

ROLO COMPRESSOR
Em busca de um novo triunfo em casa, Guto Ferreira promoveu duas mudanças. Recuperado de lesão, Rezende entrou na vaga de Emerson Santos. No ataque, Rildo herdou a posição de Raí, que fraturou a mão e vai passar por cirurgia. 

Empurrado pela torcida, o tricolor precisou de apenas quatro minutos para abrir o placar. No vacilo da defesa do Londrina, Rezende roubou a bola e tocou para Matheus Davó. O atacante passou para Rildo, que livre invadiu a área, driblou o goleiro e mandou para as redes. O VAR entrou em ação para analisar possível falta ou impedimento do ataque tricolor, mas o gol foi confirmado.  

A noite era mesmo do Bahia. Aos 10 minutos a defesa do Londrina voltou a errar na saída. Rildo tabelou com Matheus Davó e da entrada da área mandou uma bomba no ângulo, sem chances para o goleiro. Foi um golaço do camisa 37 que fez Bahia 2×0.

Com vantagem no placar, o Esquadrão ficou bem confortável no duelo. Diante de um Londrina desorganizado, o tricolor aproveitava a maior posse de bola para trabalhar o jogo no meio-campo e usava os jogadores de beirada como válvulas para chegar ao ataque.

A primeira boa chance do Londrina aconteceu aos 22 minutos. Gabriel Santos escapou em velocidade e foi parado com falta na entrada da área. João Paulo cobrou rasteiro e Danilo Fernandes fez a defesa. 

Quando a linha de ataque do Bahia voltou a pressionar a defesa do paranaense, as oportunidades claras apareceram. No primeiro lance, Marco Antônio roubou do volante Mandaca e tocou para Davó. O atacante limpou a marcação e bateu colocado, mas a bola foi para fora. Não fez falta. 

Três minutos depois da chance perdida por Davó, Daniel aproveitou a sobra de bola e chutou forte da entrada da área para vencer o goleiro Matheus Nogueira e anotar o terceiro do Bahia na partida, aos 35 minutos. Foi mais um golaço na Fonte Nova.

O quarto tento do Esquadrão poderia ter saído ainda no primeiro tempo. Aos 39 minutos Matheus Davó saiu livre no contra-ataque, mas antes de chegar na área foi parado com falta pelo lateral Luan. 

VIROU GOLEADA
O Bahia voltou do intervalo com a mesma escalação. O tricolor mudou a postura e passou a esperar um pouco mais no campo de defesa para puxar o contra-ataque. Enquanto isso, o Londrina subiu as linhas na tentativa de se fazer mais presente no ataque.

Apesar de rondar a área do Esquadrão, o time paranaense encontrou uma marcação bem postada e pouco assustava o goleiro Danilo Fernandes.  Para piorar a vida do Londrina, o Bahia conseguiu colocar a sua estratégia em prática. 

Depois da cobrança de falta na área, o Esquadrão puxou um rápido contra-ataque. Na entrada da área, Daniel rolou para Marco Antônio, que invadiu e chutou forte para fazer o quarto gol do tricolor no jogo, aos 14 minutos. 

O quinto gol do Bahia só não saiu três minutos depois porque Davó não conseguiu aproveitar o novo contra-ataque e sozinho perdeu uma chance clara. Com o triunfo garantido, Guto aproveitou para rodar o elenco. Emerson Santos, Jacaré e Ronaldo foram para o jogo.

O Bahia continuou pressionando o Londrina até o último minuto, mas o tricolor não voltou a balançar as redes e o duelo terminou mesmo com goleada de 4×0 para o Esquadrão.

FICHA T�?CNICA 

Bahia 4×0 Londrina – Brasileirão Série B (6ª rodada)

Bahia: Danilo Fernandes, Douglas Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Patrick, Rezende (Emerson Santos) e Daniel (Gregory); Rildo (Ronaldo), Matheus Davó (Marcelo Ryan) e Marco Antônio (Jacaré). Técnico: Guto Ferreira. 

Londrina: Matheus Nogueira, Luan (Denilson), Augusto, Saimon e Felipe Vieira; João Paulo, Mandaca (Jean Henrique) e Caprini (Eltinho) e Mirandinha (Alan Ruschel); Douglas Coutinho e Gabriel Santos (Salatiel). Técnico: Adilson Batista.  

Local: Fonte Nova
Gols: Rildo, aos 4 e aos 10, Daniel, aos 35 minutos do 1º tempo, Marco Antônio, aos 14 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Ignácio e Ronaldo (Bahia); Luan e Gabriel Santos (Londrina)
Público: 13.440 pagantes
Renda: R$ 217.230,00
Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Celso Luiz da Silva e Ricardo Junio de Souza (trio de Minas Gerais)
VAR: Emerson Ferreira (MG)

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Tiago Nunes é demitido do Botafogo após levar empate de time boliviano nos acréscimos

O Botafogo anunciou nesta quinta-feira a demissão do técnico Tiago Nunes, um dia após o empate por 1 a 1 contra o Aurora na fase preliminar da Copa Libertadores. A decisão veio após uma reunião da diretoria, que também oficializou a venda do atacante Victor Sá para o Krasnodar, da Rússia, o que gerou descontentamento

Idoso morre em ambulância após veiculo se envolver em acidente de trânsito

Um idoso de 77 anos morreu em uma ambulância de Palmas de Monte Alto, nesta quinta-feira (22), após o veículo se envolver em um acidente de trânsito na BR-116, no trecho de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador.    O veículo seguia em direção a capital baiana, onde o idoso, identificado como Sebastião Martins de

São Paulo continuará pagando R$ 400 mil por mês a Daniel Alves mesmo após condenação; entenda

O jogador Daniel Alves, que recebeu a sentença de quatro anos e seis meses de prisão em regime fechado por agressão sexual na Espanha nesta quinta-feira, 22, deve continuar recebendo R$ 400 mil por mês do São Paulo Futebol Clube mesmo após a condenação. O jogador teve uma passagem pelo clube entre 2019 e 2021