Zema após Kalil citar ‘estradas vergonhosas’: ‘Mandar pedra é mais fácil’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O governador Romeu Zema (Novo), rebateu, neste sábado (23/7), as reiteradas queixas do rival eleitoral Alexandre Kalil (PSD) a respeito das estradas de Minas Gerais. Zema afirmou que “mandar pedra é a coisa mais fácil” e garantiu que sua gestão está atenta às rodovias. Ontem, em Bocaiúva, no Norte do estado, Kalil disse que o governo “vira a cara” às vias de acesso à região.

“Eleição é muito mais trabalho do que ataque. Sempre fui um candidato de propostas, porque mandar pedra é a coisa mais fácil. Será que Belo Horizonte é a prefeitura perfeita do Brasil?” protestou Zema, em Belo Horizonte, após evento que oficializou sua candidatura à reeleição.

Kalil, por sua vez, criticou a situação das estradas que servem para escoar a produção de mel saída de Bocaiúva. A cidade é o segundo maior polo da apicultura mineira – atrás apenas de Itamarandiba, no Vale do Jequitinhonha.

“Aqui é o centro de apicultura do mundo, mas não tem como escoar o mel nessas estradas vergonhosas em que o governo vira a cara. Nós temos que dar infraestrutura para que a região possa crescer”, disparou.

O ex-prefeito de BH apontou, ainda, ausência de investimentos na produção alimentícia.

“Aqui só houve cortes. Cortaram o programa de sementes, o programa de leite, as estradas estão jogadas. Aqui não vive de favor, é um lugar muito rico, muito pujante e precisa de gente séria para fazer um planejamento e o Norte de Minas aproveitar melhor suas riquezas”.

Malha rodoviária vira tema eleitoral

O debate em torno das estradas estaduais tem sido utilizado por rivais de Zema para criticá-lo. Hoje, para se defender, ele citou as dificuldades fiscais enfrentadas pelo governo.

“Não tínhamos, até o ano passado, dinheiro nem para pagar a folha de pagamento. Neste ano, estamos recuperando (as estradas). Será apenas questão de tempo”, pontuou.

No mês passado, Zema assegurou o recapeamento de mais de 2,5 mil quilômetros de estradas. A promessa foi em participação no “EM Entrevista”, podcast de Política do Estado de Minas.

A recuperação faz parte do Provias, programa de revitalização das estradas controladas pelo governo estadual.

Hoje, Zema reforçou a ideia de intensificar as obras viárias neste ano.

“Temos feito um governo que está bem aprovado. Temos recuperado as estradas em 2022, quando temos recurso. Sempre comparo essa situação a um pai de família que não está conseguindo colocar alimento na mesa e cheio de goteiras no telhado. Ele vai gastar dinheiro arrumando o telhado ou vai colocar alimento?”, comparou.

No início de julho, Zema foi a Brasília (DF) se reunir com o presidente Jair Bolsonaro (PL). A malha rodoviária localizada em Minas foi pauta do encontro.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Padilha diz que governo trabalha para liberar parte dos R$ 5,6 bi em emendas vetados por Lula

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Responsável pela articulação política do governo, o ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT), afirmou nesta segunda-feira (22) que trabalha em uma proposta para liberar parte dos R$ 5,6 bilhões em emendas de comissão vetados pelo presidente Lula (PT). "Estamos construindo uma proposta de poder ajustar, até a sessão

Lula diz que é preciso criar um telefone para as pessoas reclamarem do governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta segunda-feira, 22, que o governo precisa criar um telefone para que as pessoas possam "se queixar se as coisas não estão acontecendo". A declaração ocorreu no lançamento do programa Acredita, um pacote de medidas que prevê crédito e renegociação de dívidas para os pequenos negócios

É muito importante que Congresso aprove lei das fake news e lei que regula IA, diz Lewandowski

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, defendeu a aprovação do projeto de lei das fake news, que regula a atuação das plataformas digitais no País, e o da regulamentação da Inteligência Artificial. "A mim me parece muito importante que Congresso aprove lei das fake news e a lei que regula Inteligência Artificial