TAGS

Nas festas juninas, eu prefiro o forró pé de serra

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Sao Joao no interior Foto de Paulo Galvao Filho divulgacao

Antes que o tribunal da inquisição das redes sociais venha me cancelar, quero deixar bem claro: eu não condeno quem gosta de festas juninas com axé, pagode, sertanejo, piseiro, sofrência e sei lá mais o que. Eu apenas faço questão de explicar que é um gosto pessoal meu e com isso não quero dizer que estou certo ou estou errado. Por isso que, ultimamente, eu passo as festas juninas em cidades onde ainda se pode dançar um forró gostoso com aquele “trio nordestino” além de saborear as iguarias maravilhosas.

csm WhatsApp Image 2023 05 26 at 16.40.50 f6b51a52af
Eu (centro) curtindo o forró em Rio Real, na Bahia, em 2022 – Foto: Acervo Pessoal

Dou o maior apoio às chamadas festas privadas no São João, comandadas por cantores e bandas de vários gêneros. Já fui em algumas. São bem organizadas, oferecem um serviço de qualidade e atraem muita gente. Principalmente os jovens. O que eu discordo, mas respeito como democrata que sou, são algumas prefeituras promoverem festas públicas sem dar oportunidade aos forrozeiros que são a alma do São João e só tem esse período para ganharem um troco.

Tenho amigos mais radicais que vivem blasfemando contra as festas privadas nesse período. Eu digo a eles que os tempos mudaram. Já não existem os grandes mestres como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro, Zelito Miranda, Marinês, Genival Lacerda etcetera, etcetera. Mas temos um time que luta para levar um pouco do forró pé de serra como Adelmário Coelho, Targino Gondim, Del Feliz, Alcimar Monteiro, Carlos Pitta, Sandro Becker, Virgílio, Trio Nordestino, Flor Serena, Nando Cordel, Léo Estakazero, Tico, Flávio José, entre outros.

Sem falar que nomes como Gilberto Gil, Alceu Valença, Elba Ramalho, Fagner, Geraldo Azevedo também prestigiam o forró pé de serra. Portanto, como se vê, nem tudo está perdido. Há opções para todos. É só fazer sua escolha sem querer apontar o dedo para quem não concorda com seu gosto musical. Afinal, o São João e o São Pedro são para todos.

 

Tem para todo gosto
E mais uma vez o São João está na porta. Pelo segundo ano pós-pandemia do Covid 19 que parou tudo. As prefeituras estão investindo em infraestrutura, preparando suas cidades pra receber bem os turistas. Fazendo boas contratações e cada vez mais se profissionalizando: palco, som e luz de primeira.

Os forrós privados, puxados por grandes nomes como Natanzinho, Wesley Safadão, Tarciso do Acordeon, Simone Mendes, também estão jogando duro. Com atrações que atraem multidões e também investindo na qualidade dos equipamentos para que a festa tenha uma boa entrega. Afinal as pessoas pagam, mas exigem um serviço à altura. Apesar de, neste ano, alguns eventos como Forró do Piu piu, Forró do Bosque e o Forró do Lago não vão acontecer.

E até mesmo quem não puder viajar terá boas atrações em Salvador. A Prefeitura, por exemplo, já anunciou quase um mês de programação de graça no Pelourinho com grandes nomes e uma estrutura que lembra os arraiás do interior. E não é para menos. O baiano gosta muito de São João porque mexe com a afetividade. E muita gente que hoje mora na capital tem origem no interior onde viveu festejos juninos inesquecíveis com muita fogueira, balões (hoje não é recomendável soltá-los) quadrilhas, e muito forrobodó.

Ah! Quase ia esquecendo. O CORREIO já está fazendo uma cobertura bem ampla que vai até 30 de junho dando dicas, informações e contando um pouco da história dessa festa maravilhosa. Esse ano, o tema é ‘São João em todo canto’ e terá a pluraridade junina. O Baú o Marrom, por sua vez, a partir de hoje já entra no clima. Tanto no impresso quanto no online com muitos causos e histórias! Viva São João. Viva!

image
image

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Chuvas deixam mais de 3800 pessoas desalojadas e seis mortos na Bahia

Um total de 3.811 pessoas estão desalojadas em toda a Bahia em decorrência das fortes chuvas que atingem o estado desde janeiro, é o que aponta o balanço mais recente da Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec). Em quase dois meses, seis pessoas morreram vítimas das consequências das chuvas.   Além dos milhares de

Éden Valadares garante presença de Lula na campanha de Geraldo Jr. e reafirma apoio do PT

O presidente do Partido dos Trabalhadores na Bahia, Éden Valadares, foi o entrevistado desta terça-feira (20), do programa Bahia Notícias no Ar, na Salvador FM 92,3, com a apresentação de Maurício Leiro e Rebeca Menezes. Ele aproveitou a oportunidade para reforçar a escolha da sigla pelo nome de Geraldo Jr. como pré-candidato à disputa pela

Investigado por tráfico e adulteração veicular é preso no interior da Bahia

Um homem, de 38 anos, investigado por adulteração veicular e envolvimento com o tráfico de drogas, foi preso em flagrante, na manhã desta terça-feira (20), com uma motocicleta com chassi e motor adulterados e um revólver calibre 32, municiado, por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Iguaí.    De acordo com a Polícia Civil, o