Werner descarta intervenção federal em segurança pública da Bahia: “Não vejo necessidade”

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O secretário de segurança pública da Bahia, Marcelo Werner, negou a possibilidade de intervenção federal na área de segurança pública da Bahia. O pronunciamento do chefe da pasta, aconteceu nesta segunda-feira (4), durante entrevista à imprensa. 

 

Werner disse que não enxerga necessidade em uma intervenção federal na segurança pública baiana, por conta de ações realizadas pela pasta. O secretário afirmou que “confia plenamente na estrutura de persecução penal da polícia civil e militar. 

 

“Não, eu não vejo necessidade nenhuma de intervenção. Até porque nós temos realizado ações efetivas, ações de investimento, ações de policiamento e ações de operações de inteligência. Temos inclusive números que demonstram que essas  ações têm tido resultado necessário. Se você lembrar no início do ano, nós mandamos 84 policiais do Choque para lá [Brasília] depois do anti democratico ficaram lá quase 60 dias. A gente confia plenamente na estrutura de persecução penal na polícia civil na Polícia Militar”, explicou o secretário. 

 

Werner apontou ainda que tem total convicção do trabalho da PM e que por isso não teria necessidade de reforço policial. 

 

“A gente tem total convicção do que está sendo feito. Nós já temos tido bons retornos, números em relação a isso aí. A reestruturação que foi feita também, é eu costumo dizer que a exploração ela começa a dar frutos, tem que ter um pouquinho de maturação, mas era só o fato de já ter o policiamento no interior com uma análise mais robusta”, contou. 

 

“Acho que a gente está no caminho certo sim, cada vez mais e a comunidade acredita apesar dessa questão que a gente vê da política do terror que é difícil. A gente está tratando sobre isso, mas a gente entende a realidade, sabe o trabalho que tem que ser feito e vem vem lógico com todo apoio também do Governo federal. Vamos continuar realizando, pois a gente acredita que podemos melhorar e vamos melhorar cada vez mais segurança”, exemplificou”, acrescentou. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Vídeo: mulher tenta atear fogo no ex-marido em ônibus no interior

São Paulo — Uma mulher foi presa depois de tentar atear fogo no ex-marido, na tarde da quinta-feira (22/2), em Campinas, no interior de São Paulo. Uma briga pela guarda dos filhos teria sido o estopim para a reação da mulher. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a mulher de 52 anos foi presa em

TRE-BA reabre posto de atendimento ao eleitor em Baixa Grande após quatro meses

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) reabre, nesta sexta-feira (23), o posto de atendimento ao eleitor no município de Baixa Grande, na região da Bacia do Jacuípe. O local estava sem funcionar desde outubro do ano passado e voltará a ofertar os serviços eleitorais, de 9h às 13h, nas quartas e sextas-feiras.   O

Governo inicia processo de regulação fundiária de Quilombo onde Mãe Bernadete foi assassinada

A comunidade quilombola Pitanga dos Palmares, localizada entre os municípios de Simões Filho e Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, deu mais um passo para ter a regularização fundiária do seu território aprovada.    A Superintendência de Desenvolvimento Agrário (SDA), órgão vinculado ao governo do estado, publicou portaria na edição desta sexta-feira (23), do Diário