Após mandado contra assessora, vereador Marcelo Maia diz que não há investigação contra ele

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O vereador Marcelo Maia (PMN), por meio da assessoria de comunicação, se posicionou, nesta terça-feira (17), sobre o mandado de busca e apreensão cumprido hoje pela Polícia Civil contra Fabiana Dias, sua assessora, no âmbito da “Operação Noise”.

 

LEIA TAMBÉM

Lideranças de grupo criminoso são presas em Salvador durante Operação Noise

 

Em nota enviada ao Bahia Notícias, a assessoria do vereador esclareceu que não há qualquer tipo de investigação relacionada às condutas do parlamentar. 

 

“Trata-se de uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF), com foco em uma liderança comunitária, presidente de uma Associação de Moradores, que atua na região do bairro do Engenho Velho de Brotas pelo gabinete do vereador”, dizia a nota. 

 

O mandado de busca e apreensão no Edifício Rio Lima, anexo da Câmara Municipal de Salvador, onde funcionam os gabinetes dos vereadores, na manhã desta terça-feira (17). 

 

O comunicado ainda destacava que no local, a PF analisou documentos e computadores utilizados pela colaboradora, e que a própria corporação ressaltou que não há nenhum tipo de irregularidade relacionada às atividades do vereador Marcelo Maia. 

 

Confira a nota na íntegra:

 

A assessoria de comunicação do vereador Marcelo Maia (PMN) esclarece que não há qualquer tipo de investigação relacionada às condutas do edil. 

 

Trata-se de uma operação deflagrada pela Polícia Federal, com foco em uma liderança comunitária, presidente de uma Associação de Moradores, que atua na região do bairro do Engenho Velho de Brotas pelo gabinete do vereador. 

 

No local, a PF analisou documentos e computadores utilizados pela colaboradora. 

 

A  integridade e sério compromisso com suas atividades parlamentares; colocando-se ainda à disposição para colaborar com as investigações e com quaisquer outros esclarecimentos necessários.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

STF proíbe abordagem policial baseada em cor da pele ou gênero

O Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu que buscas policiais sejam motivadas por raça, sexo, orientação sexual cor da pele ou aparência física. De acordo com a tese firmada pelos ministros, nesta quinta-feira (11/4), a busca pessoal deve estar fundada em indícios objetivos de posse de arma proibida ou objetos que constituam corpo de delito.  

Jerônimo realiza série de inaugurações no município de Saúde

O município de Saúde, no centro norte baiano, ganhou, nesta sexta-feira (12), uma nova sede do colégio estadual, uma unidade conjugada das Polícias Civil e Militar, além do novo Mercado Municipal Zilda Santos dos Reis, que passou por reforma e ampliação. As obras foram inauguradas pelo governador Jerônimo Rodrigues, que também deu por entregue a

Doença degenerativa e câncer: a morte trágica de 13 estrelas da Globo

América foi ao ar pela primeira vez em 2005, no horário nobre da TV Globo. Sucessora de Senhora do Destino, a história demorou para emplacar entre o público, mas, surpreendentemente, na reta final, bateu mais de 60 pontos de audiência. Boa parte dos artistas, porém, morreu durante esses mais de 19 anos. Em América, Guilherme