Jovens picham “PCC” na rua em protesto contra PM após morte de MC

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

São Paulo – Moradores da zona leste da capital paulista realizam um protesto na noite desta sexta-feira (1º/3) contra ação da Polícia Militar que acabou com a morte do músico MC Makalezinho e deixou uma pessoa ferida. Segundo a assessoria da PM, o ato acontece na rua José Pinheiro Borges, na região de Itaquera.

A polícia confirmou ao Metrópoles que a manifestação acontece por conta do tiroteio de mais cedo, mas não confirma a influência do MC Makalezinho na ação.

O grupo de jovens que protestava chegou a escrever “PCC” na rua, indicando que o local seria dominado pela facção criminosa. Depois da provocação feita pelos criminosos, os policiais entraram no local e apagaram os escritos. Traficantes teriam atirado nos agentes durante a entrada na comunidade, de acordo com a TV Record.

A morte de MC Makalezinho O cantor MC Makalezinho foi morto após ser atingido por sete tiros, sendo quatro de fuzil, disparados por policiais militares na manhã desta sexta-feira (1°/3), na zona leste de São Paulo.

Segundo a Central de Comunicações da PM, dois suspeitos teriam sido feridos por policiais militares do 4° Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP) em um suposto confronto que aconteceu na Rua Pacarana. O MC morreu no local.

Apesar da versão da organização, segundo informado pelos próprios policiais envolvidos na ação, nenhum disparo foi efetuado pelo funkeiro ou pelo outro homem, de 34 anos, que até o momento da publicação desta reportagem segue internado.

A operação começou após um tenente e um soldado avistarem um grupo de quatro ou cinco homens “praticando atos que pareciam ser a venda de drogas”, segundo depoimentos dados à Polícia Civíl. 

Ainda segundo a corporação, após a observação, os agentes decidiram se aproximar do grupo juntamente com outra equipe policial. O tenente afirmou ter disparado quatro tiros de fuzil contra os rapazes, e o soldado, três de pistola.

Um dos rapazes atingidos era Natan Silveira dos Santos, o MC Makalezinho, que faleceu no local. O outro foi ferido e transportado até o Hospital Santa Marcelina.

Achados da Polícia

Os policiais envolvidos também afirmaram em depoimento que encontraram uma pistola calibre 9 milímetros ao lado do cantor e que acreditavam ser do mesmo. Além disso, confiscaram uma bolsa que segundo os oficiais, possuía drogas.

Outros três homens do grupo foram levados à delegacia para prestar depoimento. Dois revelaram ser usuários de drogas e o outro era o irmão da vítima.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Funkeiro oferece R$ 10 mil de recompensa por informações sobre bandidos que invadiram sua casa

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O funkeiro MC Junior PK tem 1, 2 milhão de seguidores no Instagram e nesta segunda-feira (27), ele contou ter sido mais uma vítima da violência. O cantor disse que teve a sua casa invadida por dois homens no último sábado (25), no bairro Arvoredo, em Contagem, na região

Cobrador formado em medicina ganha festa de Tatá Werneck e influencer

O ex-cobrador de ônibus Gilberto Arruda, 49 anos, recém-formado em medicina pela Universidade de Brasília (UnB), terá mais um evento especial para celebrar a tão sonhada graduação. Sem condições financeiras de pagar pela festa de formatura, que custa mais de R$ 20 mil, a história do médico chegou até a atriz e apresentadora Tatá Werneck

Mariah Carey anuncia show em São Paulo; veja como comprar ingressos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Maria Carey fará um show em São Paulo neste ano, no dia 20 de setembro, no Allianz Parque. O show foi confirmado pela produtora 30e, que trará a artista para o Brasil em seu único show solo -a outra apresentação acontecerá no dia 22 de setembro, na edição