Ministério da Saúde confirma 77 mortes por dengue no Distrito Federal

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O Distrito Federal registrou, até esta sexta-feira (1°/3), 77 mortes por dengue em 2024, segundo o Ministério da Saúde. Outros 60 óbitos estão sob investigação, de acordo com a pasta federal.

Os dados constam no painel de acompanhamento do ministério e foram atualizados nesta segunda.

O último boletim da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) foi divulgado em 26 de fevereiro e havia registrado 55 mortes pela doença. O próximo documento deve sair ao longo da próxima semana.

Ainda de acordo com o painel do Ministério da Saúde, a capital federal já registrou mais de 102,7 mil casos de dengue no ano.

Vacinação contra a dengue Em agenda, nesta sexta-feria, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), disse que cogita ampliar a faixa-etária da vacinação contra a dengue na próxima semana. O motivo é a baixa procura pelo imunizante.

Até agora, apenas 32% do atual público-alvo (crianças de 10 e 11 anos de idade) tomaram a vacina. O governador, porém, não informou a idade de quem poderia se vacinar caso haja a ampliação.

“A secretária [de Saúde] já estuda a ampliação da idade para que usemos todas as doses da vacina que foram disponibilizadas. O anúncio da mudança na faixa-etária deve acontecer na próxima semana”, explicou o governador.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

“Deixa os melancias se virar”: no STF, PM explica frase sobre Exército

A Procuradoria-Geral da República (PGR) questionou, nessa segunda-feira (20/5), quatro dos sete policiais militares do Distrito Federal denunciados por supostas omissões relacionadas aos atos antidemocráticos de 8 de janeiro de 2023. O grupo, que já é réu, presta depoimento no Supremo Tribunal Federal (STF) de forma virtual. Na oitiva do coronel Marcelo Casimiro, então titular

Alice Portugal e Lídice da Mata se reúnem com Bruno Reis para debater futuro do Centro de Referência de Atenção à Mulher

Uma reunião entre o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), e as deputadas federais Alice Portugal (PCdoB) e Lídice da Mata (PSB) ocorreu na manhã desta segunda-feira (20) para tratar do futuro do Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares, localizado nos Barris - que corre risco de fechamento -, e de outras

SP Alto Astral: Programa emprega mães em situação de risco

Mais de 5 mil mulheres fazem parte do programa Mães Guardiãs, que dá emprego em projetos pedagógicos nas escolas para pessoas em vulnerabilidade social. As participantes têm uma bolsa-auxílio de R$ 1.482,60, e atuam em uma jornada de 30h semanais. Em abril, 900 candidatas foram convocadas para mais uma etapa do programa, voltada à capacitação