Morreu Shigeichi Negishi, inventor do karaokê, aos 100 anos

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Shigeichi Negishi, inventor do karaokê, morreu aos 100 anos. A morte ocorreu a 26 de janeiro, após uma queda, mas só agora foi divulgada. O empresário japonês foi a primeira pessoa a automatizar e a comercializar o karaokê, há mais de 50 anos, quando a sua máquina ‘Sparko Box’ foi colocada à venda.

“Adeus a outra lenda: Shigeichi Negishi, inventor do karaokê, morreu aos 100 anos. Ao automatizar o canto, ganhou a inimizade dos artistas que viam a sua máquina como uma ameaça aos seus empregos. É um precursor assustador do debate em torno do impacto da Inteligência Artificial nos artistas de hoje”, anunciou o escritor Matt Alt, que, em 2018, entrevistou o empresário para o seu livro ‘Pure Invention: How Japan Made the Modern World’.

Segundo Alt, citado pela Sky News, o karaokê surgiu através de uma “epifania”, após um engenheiro da empresa de eletrónica que Negishi dirigia, em 1967, o ter ouvido cantar e lhe ter dito que não era muito bom. 

Na época, Negishi, com 43 anos, pensou: “Se ao menos pudessem ouvir a minha voz com uma faixa de apoio”. Criou então a ‘Sparko Box’, a primeira máquina de cantar conhecida.

No entanto, a invenção do karaokê tem sido creditada ao músico japonês Daisuke Inoue, que lançou a caixa ‘8 Juke’ em 1971,

Negishi vendeu cerca de oito mil ‘Sparko Boxes’ em todo o Japão, mas abandonou o negócio em 1975, após ter “cansado do conflito com os músicos e da rotina de vendas e manutenção porta-a-porta”.

Leia Também: Tornados nos EUA fazem 3 mortos e 58 feridos; as imagens da destruição

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Trump diz que Rússia libertará jornalista dos EUA preso caso vença eleição

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (23) que vai usar sua relação pessoal com o presidente russo, Vladimir Putin, para conseguir a soltura do jornalista Evan Gershkovich, do Wall Street Journal. Trump disse em uma publicação de sua rede social, a Truth Social

Lula lamenta morte de brasileiro sequestrado pelo Hamas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou, por meio das redes sociais, a morte do brasileiro Michel Nisembaum, de 59 anos. O Exército israelense anunciou nesta sexta-feira (24) que recuperou os corpos de três reféns sequestrados em outubro de 2023 pelo grupo palestino Hamas, entre eles, o de Nisembaum. O presidente disse que o

Cineasta que fugiu a pé do Irã estreia filme sobre resistência no Festival de Cannes

O cineasta iraniano Mohammad Rasoulof causou comoção no Festival de Cannes nesta sexta-feira (24) com a exibição do filme “The seed of the sacred fig”, que concorre à Palma de Ouro deste ano. O longa é uma homenagem à resistência do povo iraniano e especialmente das mulheres. Foi uma das estreias de maior suspense de