TAGS

Receita Federal apreende 1,3 tonelada de cocaína escondida em carga de café no Porto do Rio

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto


design sem nome 1 3

Agentes da Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal realizaram uma grande apreensão de cocaína no Porto do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (27). A ação foi feita durante o decreto de Garantia da Lei e da Ordem, que possibilita que as Forças Armadas atuem na prevenção de delitos em portos e aeroportos. Totalizando cerca de 1,3 tonelada, a cocaína estava escondida em 48 sacas de café, de um total de 320, que tinham como destino a Bélgica, na Europa. Estimada em R$ 330 milhões, a droga foi direcionada à Superintendência da Polícia Federal, que está situada no Rio de Janeiro. Desde o começo do ano, esta foi a primeira apreensão deste tipo registrada. A ação teve o auxílio da Marinha e durou quatro horas. Segundo a Receita Federal a carga só foi para a fiscalização com base em critérios de gerenciamento de riscos.

Foram utilizados cães farejadores no momento da apreensão. Os responsáveis pelo crime ainda não foram identificados, mas a Polícia Federal foi acionada e abrirá um inquérito. Caso achem os envolvidos, eles responderão por tráfico internacional de drogas. Ações deste tipo têm sido intensificadas em portos do Rio e Itaguaí, como forma de desmantelar as rotas que os criminosos utilizam para enviar drogas para a Europa e África.

Publicada por Tamyres Sbrile

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Relator diz que houve abuso de poder político de Cláudio Castro na eleição

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O desembargador Peterson Barroso Simão, do TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro), afirmou nesta sexta-feira (17) que o caso das "folhas de pagamentos secretas" se configura como abuso de poder político e econômico do governador Cláudio Castro (PL) nas eleições de 2022. O magistrado entendeu que as

Marcelo Ramos deixa Petrobras após saída de Prates e foca em disputa à prefeitura de Manaus

Diante da saída de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras, o ex-deputado federal e ex-vice presidente da Câmara dos Deputados Marcelo Ramos (PT) pediu demissão do cargo de consultor do gabinete de Relações Institucionais da estatal. Na quarta-feira, 15, Ramos declarou em publicação no X (antigo Twitter) que resolveu adiantar sua saída da empresa

TRE-RJ começa julgamento que pode cassar governador Cláudio Castro

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) começou, na tarde desta sexta-feira, 17, a análise do pedido de cassação do mandato do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), do vice-governador, Thiago Pampolha (MDB), e do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Rodrigo Bacellar (União Brasil).