Arsenal atropela o Chelsea, amplia saldo de gols na liderança do Inglês e pressiona Liverpool e City

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


849a472e8d4a570c3581d6b8677ad94d35627e7c

Em uma exibição de domínio impressionante, o Arsenal garantiu uma vitória por 5 a 0 sobre o Chelsea no Emirates Stadium, solidificando ainda mais sua liderança na Premier League e aumentando a pressão sobre os rivais Liverpool e Manchester City. O triunfo levou os Gunners a 77 pontos, ampliando a vantagem para três pontos à frente do Liverpool, que enfrentará o Everton nesta quarta-feira (24). Além disso, a diferença de gols do Arsenal disparou para 56, superando os 43 do rival. O Manchester City, atual tricampeão, encontra-se em terceiro lugar, com quatro pontos atrás e dois jogos a menos. Sua próxima partida contra o Brighton e o jogo remarcado contra o Tottenham serão cruciais para a equipe de Pep Guardiola.

A partida no Emirates começou com um gol precoce, surpreendendo os torcedores do Chelsea. A jogada resultou em Rice servindo Trossard, que encontrou a rede com maestria aos 4 minutos do jogo. O Arsenal não se acomodou com a vantagem mínima e bastante importante e continuou em cima, acumulando chances criadas e desperdiçadas. A primeira etapa foi toda do time vermelho e branco. Em um dos tantos ataques, a bola desviada pelo defensor parou no peito do goleiro, para desespero de Mikel Arteta na beira do campo. O treinador cobriu o rosto após o gol não sair. Saka já havia mandado nas mãos de Petrovic, que fazia de tudo para neutralizar as investidas do poderoso ataque dos Gunners.

A diferença entre as duas equipes foi evidente, com o Arsenal ditando o ritmo e o Chelsea focado principalmente na defesa. O reformulado Blues de Mauricio Pochettino, anteriormente uma potência no futebol inglês, encontrou dificuldades. Hoje a equipe ocupa uma posição intermediária na tabela antes do jogo, com 47 pontos. O segundo tempo testemunhou a persistência do Arsenal dando frutos, com Ben White aproveitando um rebote para dobrar a vantagem. Momentos depois, um passe de Odegaard resultou em Havertz lançando a bola sobre Petrovic, aumentando os problemas do Chelsea. O alemão agravou ainda mais a jornada catastrófica do Chelsea com um chute bem colocado que bateu na trave antes de entrar, seguido pelo gol sem querer de Ben White, que havia tentado cruzar. O placar de 5 a 0 levou Arteta a fazer substituições para manter o ímpeto. A vitória não apenas isola o time alvirrubro na liderança como também envia uma mensagem clara aos rivais pelo título.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Flamengo vence Millonarios, fica em 2º no grupo e garante vaga nas oitavas da Libertadores

Sem dificuldades, o Flamengo derrotou o Millonarios por 3 a 0 e garantiu sua classificação nas oitavas da Libertadores. A equipe de Tite ficou terminou a fase de grupos na segunda posição do Grupo E, liderado pelo Bolívar, que venceu o palestino por 3 a 1. Os flamenguistas marcaram presença no Maracanã, no Rio de Janeiro

Corinthians vence Racing por 3 a 0 e garante vaga direta nas oitavas da Sul-Americana 

O Corinthians entrou em campos nesta terça-feira (28) e, em uma bela atuação, derrotou o Racing, do Uruguai, por 3 a 0, em um jogo que marcou a despedida de Paulinho do time alvinegro. A vitória, válida pela última rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana, garantiu a classificação direta dos corintianos às oitavas de

Endrick se emociona em festa de despedida do Palmeiras: ‘Vou sentir saudades’

O jovem Endrick, de 17 anos, faz o último jogo pelo Palmeiras na próxima quinta-feira (30), em duelo contra o San Lorenzo no Allianz Parque, pela Libertadores. O atacante ganhou uma festa de despedida da equipe alviverde de amigos e familiares e se emocionou ao falar sobre a saída do clube. “Agradeço muito a minha mãe