Chefe do PCC que comprou 7 igrejas evangélicas é jurado de morte por Marcola

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Um desdobramento na tensão interna da maior facção criminosa do Brasil, o Primeiro Comando da Capital (PCC), revela a condenação à morte de um de seus líderes mais influentes, Valdeci Alves dos Santos, conhecido como “Colorido”, por ordem de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, líder máximo da organização. A ordem de execução surge em meio a um racha histórico na cúpula do grupo, segundo informações divulgadas pelo promotor Lincoln Gakiya, do Ministério Público de São Paulo (MPSP).

Colorido, que já foi considerado o número dois do PCC nas ruas, é acusado por Marcola de desviar recursos da facção, uma alegação que levou à sua sentença de morte dentro da complexa hierarquia do grupo. A trajetória criminosa de Colorido inclui a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas através da aquisição de pelo menos sete igrejas evangélicas em São Paulo e no Rio Grande do Norte, seu estado natal. Esta estratégia não apenas camuflou as operações financeiras ilícitas, mas também evidencia o uso de instituições religiosas como fachadas para atividades criminosas.

Diante da iminente ameaça de morte, Colorido foi transferido, a seu pedido, para a ala de segurança da Penitenciária Federal de Brasília, um setor destinado aos detentos sob risco de execução. Esta penitenciária abriga os líderes mais perigosos do PCC, tornando-a um centro de poder e conflito dentro da facção.

O promotor Gakiya, que investiga o PCC há duas décadas e já foi alvo de um plano de sequestro e assassinato pela facção, capturado pela Polícia Federal no ano passado, sugere que Colorido se unirá a um crescente grupo de lideranças dissidentes. Entre eles estão Roberto Soriano, o Tiriça; Abel Pacheco de Andrade, o Abel Vida Loka; e Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, todos desligados recentemente de Marcola, intensificando as tensões internas e a fragmentação do PCC.

A operação que recapturou Colorido, resultando em uma prisão preventiva, foi motivada por acusações de lavagem de dinheiro, com ele e seus familiares suspeitos de movimentar R$ 23 milhões oriundos do tráfico por meio de igrejas evangélicas, fazendas e cabeças de gado.

The post Chefe do PCC que comprou 7 igrejas evangélicas é jurado de morte por Marcola appeared first on Fuxico Gospel.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

PT acende o alerta com o risco de derrota de Lula em 2026

A dois anos e cinco meses das eleições de 2026, parte da cúpula do Partido dos Trabalhadores acendeu o sinal amarelo sobre a próxima eleição presidencial.   A análise é que há espaço para Tarcísio de Freitas construir uma candidatura robusta para fazer frente a Lula, principalmente se o país não apresentar números melhores de

Após 10 anos, chega ao fim o casamento de Vanilda Bordieri e Robert Poli

Chegou ao fim o casamento da cantora gospel Vanilda Bordieri com o empresário Robert Poli, após dez anos de matrimônio. Nesse período, o casal teve algumas idas e vindas, como em 2021, quando Poli chegou a sair de casa depois que Vanilda descobriu que estava sendo traída. Ela perdoou e eles reataram, mas, segundo informações

Parque de Exposições de Salvador é reservado para 11 dias de festa do São João 2024 com início no dia 13 de junho

A capital baiana terá o clima de interior do São João com festa prolongada. A cidade, que desde 2017 vem apresentando uma grade de atrações convidativa para quem não deixa Salvador durante o período junino, ganhou 11 dias de festa.   As informações foram obtidas pelo Bahia Notícias. O evento, que é organizado pela Superintendência