Homem é preso em Paris após ameaçar se explodir em consulado iraniano

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um homem foi preso após ameaçar se explodir no consulado iraniano em Paris na manhã desta sexta-feira (19). O homem teria como alvo o embaixador iraniano e o culpava pela morte de seu irmão.

 

De acordo com fontes locais, o homem de 60 anos foi visto entrando no consulado por volta das 11h locais, 6h no Brasil, e teria se escondido em uma sala dentro da qual estaria o embaixador iraniano.

 

Conforme apurado pelo Europe 1, funcionários do local ligaram para a polícia e informaram que o homem “carregava uma granada de mão e vestia um colete cheio de explosivos”. Ele teria ameaçado se explodir para “vingar o irmão”, mas, na verdade, não possuía nenhum explosivo no corpo.

 

Após o incidente, a área foi isolada e o prédio está passando por vistorias. Além disso, o bairro onde se encontra o consulado está com o tráfego completamente bloqueado e as linhas de metrô que passam pela região foram fechadas.

 

Não está claro se o caso possui ligação com o aumento das tensões entre Irã e Israel. Na noite de quinta (18), mísseis israelenses atingiram o Irã em retaliação ao ataque sofrido seis dias antes. Autoridades iranianas afirmam não haver planos de retaliação.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Santa Casa de Valença passa a oferecer tratamento de varizes pelo SUS

A Santa Casa de Misericórdia de Valença, no Baixo Sul baiano, deve iniciar na próxima quinta-feira (06) as atividades no ambulatório com especialista em angiologia para tratamento de varizes, por espuma ecoguiada, através do SUS. O método inovador e pouco invasivo vem trazendo excelentes resultados para quem sofre com essa condição.   Os atendimentos serão realizados mediante a pré-agendamento pelo

Empresa pede apreensão em imóvel de ministro por dívida de campanha

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, foi alvo no mês passado de um pedido à Justiça para que o apartamento da Câmara que ele ocupa tivesse bens apreendidos para pagar uma dívida da campanha de 2014. Ainda não há decisão sobre o caso, que tramita no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Embasa flagra furto de 170 mil litros de água em Arraial d’Ajuda

A Embasa, concessionária de saneamento básico do estado, flagrou, nesta terça-feira (28), cerca de 17 ligações clandestinas no bairro Alto do Vilas, em Arraial d'Ajuda, distrito de Porto Seguro. Segundo a empresa, aproximadamente 170 mil litros de água eram furtados mensalmente.   Ação ocorreu durante a realização de oito novas ligações de água na localidade.