Joalheria Vivara do Shopping Paralela é assaltada na noite desta quarta-feira

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Uma unidade da joalheria Vivara, localizada dentro do Shopping Paralela, em Salvador, foi assaltada na noite desta quarta-feira (24).

 

Segundo informações do site Alô Juca, os criminosos chegaram no estabelecimento se passando por clientes e anunciaram o assalto. Ainda conforme divulgado, três homens participaram da ação criminosa e teriam rendido funcionárias utilizando armas de fogo.

 

Compartilhe esse conteúdo pelo WhatsApp!

 

Os criminosos levaram relógios e outras peças de ouro e prata. Na sequência, fugiram em duas motocicletas. Equipes da 82ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram acionadas mas ninguém foi preso.

 

O caso vai ser investigado pela 12ª Delegacia Territorial (DT). Apesar do susto, ninguém ficou ferido durante o assalto.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Suspeito de integrar ‘Central de Fake News’ é alvo de operação na RMS

Um homem suspeito de integrar 'central de fake news' com atuação no Rio Grande do Norte foi preso, nesta segunda-feira (27), após mandado de busca e apreensão cumprido em sua residência, no município de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.    A ação ocorreu como parte do desdobramento da 'Operação DesFarsa', deflagrada pelo

Após acusação de aliado, prefeito de Camaçari nega cobrança de propina a empresa de água sanitária

Após o vazamento de um áudio em que o prefeito de Mata de São João, Bira da Barraca (União), afirma que a prefeitura de Camaçari supostamente teria cobrado propina para a instalação da fábrica da empresa de água sanitária Dragão no município, o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, se manifestou sobre as acusações do correligionário. 

Inquilina é morta, na frente do filho de dois anos, por ex-namorado de dona do imóvel

Uma mulher foi morta a facadas enquanto dormia ao lado do seu filho de dois anos na cidade de Guaramirim, em Santa Catarina. O suspeito do crime é o ex-companheiro da proprietária do imóvel. Após o crime, o homem filmou a cena e foi preso preventivamente.   De acordo com o G1, a ex-companheira dele