Líder do governo diz que é necessário ‘consertinho’ na relação com Lira

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE) afirmou nesta sexta-feira (19) que é necessário um “consertinho” na relação entre o governo Lula (PT) e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Em meio a uma nova crise entre a articulação política do governo com Lira, Guimarães ainda acrescentou que “tem que ter sempre sintonia com o Lira”.

“Isso é só fazer um consertinho ali, um consertinho lá, mas nada que atrapalhe a nossa vontade e o presidente Lira tem tido essa vontade de votar os projetos de interesse do país”, completou.

As declarações foram dadas logo após almoço com Lula no Palácio do Planalto, para acertar a articulação política no Congresso Nacional. O encontro, que não estava previsto na agenda do presidente, aconteceu em meio ao risco de avanço da pauta-bomba no Congresso e aos problemas com Lira.

Participaram, além de Guimarães, os ministros-chefes da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT), da Casa Civil, Rui Costa (PT) e da Secom (Secretaria de Comunicação Social), Paulo Pimenta (PT). Também estavam presentes os líderes do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), e no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP).

Na semana passada, o presidente da Câmara criticou abertamente Padilha, responsável pela articulação política do governo. Disse que o ministro era um “desafeto pessoal” e “incompetente”.

Após chegar de viagem à Colômbia, Lula tem discutido a possibilidade de se encontrar com Lira e também com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e ministros do Supremo Tribunal Federal.

Guimarães buscou minimizar a relação do governo com Arthur Lira, acrescentando que o tema não foi discutido durante o encontro. Também não quis comentar a possibilidade de um encontro entre Lula e o presidente da Câmara, acrescentando que sua função é atuar em conjunto com os líderes e não cuidar da agenda do mandatário.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Seleção brasileira feminina de vôlei vence Holanda na Liga das Nações

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Holanda, por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 20/25, 25/20 e 25/18, nesta quinta-feira (30), em Macau, na China. Foi a sexta vitória consecutiva na Liga das Nações. O Brasil está invicto na competição, depois de quatro vitórias na primeira no Rio de Janeiro, com

Lula admite não ter base contra pauta de costumes e fará reunião semanal com líderes após derrotas

(FOLHAPRESS) - As derrotas sofridas pelo presidente Lula (PT) na sessão do Congresso Nacional nesta semana ampliaram o diagnóstico do petista e de sua equipe de que o governo não tem base para conseguir vitórias na chamada pauta de costumes defendida pelo bolsonarismo. A avaliação foi feita pelo próprio chefe do Executivo em reunião nesta

Paulinho recebe homenagens em emotivo adeus ao Corinthians

Ao lado dos quatro troféus conquistados na vitoriosa passagem pelo Corinthians, com destaque para a Libertadores e o Mundial de 2012, e com a família presente, o volante Paulinho se despediu do clube nesta quarta-feira (29). O jogador que deu alegrias à torcida recebeu homenagens pelas 219 partidas disputadas e 40 gols anotados e se