Rússia faz acordo com a Ucrânia para troca de 48 crianças deslocadas pela guerra

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


vladimir putin russia

Rússia e Ucrânia chegaram a um acordo nesta quarta-feira (24) para a troca de 48 crianças deslocadas pela guerra, ao final de um encontro entre autoridades de Moscou e Kiev no Catar. Segundo a comissária russa para a infância, Maria Lvova-Belova, “29 crianças retornarão à Ucrânia e 19 à Rússia”. Assim como o presidente russo, Vladimir Putin, Lvova-Belova é alvo de um mandado de prisão desde 2023 do Tribunal Penal Internacional (TPI) por deportar milhares de crianças ucranianas para a Rússia. Em março, quatro crianças ucranianas foram repatriadas da Rússia, já com a mediação de Doha, depois de outra operação semelhante em fevereiro envolvendo 11 menores.

Nos últimos meses, o Catar tem atuado como intermediário na complexa questão da repatriação de crianças ucranianas presentes em território russo desde fevereiro de 2022. Kiev estima que pelo menos 20 mil menores ucranianos foram deportados para a Rússia das zonas ocupadas em dois anos, mas o total pode ser muito maior, uma vez que este número inclui apenas crianças oficialmente identificadas. Quase 400 deles foram repatriados pelas autoridades ucranianas.

cta_logo_jp

Em março de 2023, o TPI emitiu um mandado de prisão contra Putin e Lvova-Belova pelo envolvimento direto na “deportação” de crianças ucranianas para a Rússia desde fevereiro de 2022. A Rússia nega as acusações e diz que protege os menores dos combates. Também diz que está disposta a entregá-los às suas famílias na Ucrânia, que clamam por isso.

As autoridades russas também explicaram que lançaram um programa especial para receber estas crianças, algumas das quais são enviadas para acampamentos onde a educação patriótica é enfatizada. Embora a Rússia não seja membro do TPI, Putin está limitado nas suas viagens internacionais por esta ameaça de prisão no exterior.

*Com informações da AFP

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Trump diz que Rússia libertará jornalista dos EUA preso caso vença eleição

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (23) que vai usar sua relação pessoal com o presidente russo, Vladimir Putin, para conseguir a soltura do jornalista Evan Gershkovich, do Wall Street Journal. Trump disse em uma publicação de sua rede social, a Truth Social

Lula lamenta morte de brasileiro sequestrado pelo Hamas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou, por meio das redes sociais, a morte do brasileiro Michel Nisembaum, de 59 anos. O Exército israelense anunciou nesta sexta-feira (24) que recuperou os corpos de três reféns sequestrados em outubro de 2023 pelo grupo palestino Hamas, entre eles, o de Nisembaum. O presidente disse que o

Cineasta que fugiu a pé do Irã estreia filme sobre resistência no Festival de Cannes

O cineasta iraniano Mohammad Rasoulof causou comoção no Festival de Cannes nesta sexta-feira (24) com a exibição do filme “The seed of the sacred fig”, que concorre à Palma de Ouro deste ano. O longa é uma homenagem à resistência do povo iraniano e especialmente das mulheres. Foi uma das estreias de maior suspense de