Servidores: veja situação dos acordos de cada categoria do Executivo

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Com o andamento das negociações do reajuste salarial e outras demandas entre o governo federal e os servidores, há 18 mesas específicas de negociação abertas. Destas, 10 chegaram a acordos com o governo e oito estão em andamento (veja a lista abaixo).

Uma mobilização dos servidores está prevista para ocorrer durante as duas mesas marcadas durante o dia.

Conforme a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef/Fenadsef), que representa 80% do Executivo Federal, 10 mesas firmaram acordos com o governo federal.

Confira:

Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) Analista Técnico Em Políticas Sociais (ATPS) Analista da Tecnologia da Informação (ATI) Agência Nacional de Mineração (ANM) Polícia Federal (PF) Polícia Rodoviária Federal (PRF) Polícia Penal Federal (PPF) Auditores Fiscais da Receita Federal Banco Central (BC) Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) Até agora, foram instaladas nove mesas temporárias e específicas para debater o reajuste:

Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) MDA/Incra Previdência, Saúde e Trabalho (PST) Plano Geral de Cargos do Executivo (PGPE) Planos Especiais de Cargos (PECS) Hospital das Forças Armadas (HFA)/Hospital Central do Exército (HCE)/Hospital Militar de Área de São Paulo (HMASP) Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e Endemias Já outras 24 mesas não foram instaladas:

Ministério da Defesa, Exército, Marinha e Aeronáutica Anistiados Ex-territórios Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo (Dacta) – Controladores de Voo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) e Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) Ministério das Relações Exteriores (MRE) Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) Advocacia Geral da União (AGU) Ministério da Educação (MEC) Arquivo Nacional Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Ministério da Gestão e Inovação (MGI) Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) Secretaria do Patrimônio da União (SPU) Analistas de Sistemas e Outras Carreiras de Tecnologia da Informação Ministério da Cultura e Vinculadas Ministério de Minas e Energia (MME) Com isso, o governo se comprometeu a divulgar ainda nesta semana o calendário das mesas ainda não instaladas. O compromisso assumido é que todas entrem em funcionamento até julho deste ano.

Portaria com reajuste de benefícios dos servidores O MGI publicou, nesta terça-feira, duas portarias com os novos valores dos benefícios do auxílio-alimentação (R$ 1.000) e do auxílio-saúde (R$ 215). Essas medidas passam a valer a partir de maio, mas o pagamento dos novos benefícios será feito em junho.

Veja o que muda:

auxílio-alimentação: passa de R$ 658 para R$ 1.000 (aumento de 51,9%); assistência à saúde suplementar (auxílio-saúde): passa de R$ 144 para R$ 215 (aumento de 49,30%); e assistência pré-escolar (auxílio-creche): passa de R$ 321 para R$ 484,90 (aumento de 50,7%). O governo, representado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), se reúne, nesta terça-feira (30/4), com três categorias de servidores federais para continuar com as mesas de negociações.

Confira o calendário de negociações para esta semana:

— Terça-feira (30/4)

10h: Mesa temporária e específica sobre Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE), Plano de Empregos, Carreiras e Salários (PECs) e analistas técnico-administrativos (ATAs) 15h: Mesa temporária e específica da Carreira de Previdência, Saúde e Trabalho (CPST) — Quinta-feira (2/5)

14h30: Mesa temporária e específica do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA)

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Stalker: juiz prorroga medidas protetivas contra delegado da PCDF

O Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Águas Claras prorrogou, por mais três meses, as medidas protetivas fixadas contra o ex-delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Robson Cândido. A decisão é da última terça-feira (28/5). Robson Cândido é acusado de usar a estrutura da PCDF, quando era chefe da

Gabriela Prioli fará palestra magna de abertura da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana

A conferência magna da noite de abertura da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana será feita pela mestre em Direito Penal pela USP, a advogada Gabriela Prioli. O evento será no dia 5 de junho, a partir das 18h30, no Centro de Convenções de Salvador.    Com milhares de seguidores nas redes sociais, a

Três mortes são registradas em ações policiais em Salvador; veja bairros

Salvador registrou ao menos três mortes de suspeitos em confrontos com policiais militares entre a tarde de quarta-feira (29) e madrugada desta quinta (30). De acordo com a Polícia Militar, o primeiro confronto aconteceu na Rua Luís Eduardo Magalhães, no bairro de Itapuã, na tarde de quarta, e terminou com as mortes de dois homens.