Baianos são resgatados de trabalho análogo à escravidão de fazenda no Espírito Santo

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O Governo do Estado está alinhando as estratégias de acolhimento aos 36 baianos resgatados de trabalho análogo à escravidão, neste fim de semana, em uma fazenda de café, no município de Pancas, no Espírito Santo. Após o retorno à Bahia, os primeiros atendimentos às vítimas serão feitos nos seus municípios de origem, priorizando a avaliação e o encaminhamento das necessidades de saúde e de assistência social.

 

 Ao mesmo tempo, a equipe da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), que atua com o tema, acompanha a formalização de outras providências, a exemplo da regularização dos direitos trabalhistas dos traficados, junto à rede estadual de combate a esse tipo de crime.

 

RESGATE E ATENDIMENTO

Coordenada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MPT), a operação de resgate é realizada, geralmente, em parceria com a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Ministério Público do Trabalho e a Defensoria Pública da União, a partir de denúncias direcionadas a estes órgãos. Uma vez resgatados e conduzidos de volta aos seus territórios, os trabalhadores passam por um fluxo de atendimento padrão da Coetrae Bahia (Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo). Para abranger as complexidades dos impactos sofridos pelas vítimas no contexto do tráfico e exploração laboral, esse atendimento requer a atuação da rede de serviços locais, regionais e internacionais.

 

Uma vez assistidas em suas necessidades imediatas de saúde e assistência social, às vítimas passam por um diagnóstico socioeconômico que embasa os encaminhamentos para escolarização, nivelamento educacional, reinclusão social no mundo do trabalho e inclusão socioprodutiva. “Na Bahia, atuamos a partir do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Combate ao Trabalho Escravo da SJDH. Articulamos tanto os órgãos de governo quanto os órgãos parceiros da Coetrae para garantir o suporte intersetorializado que a vítima necessita ao sair do contexto de exploração. Mas precisamos ampliar as dimensões da nossa atuação no sentido de convencer a sociedade a contribuir para a erradicação desse crime perverso, que alicia as pessoas, a partir da sua fragilidade mais genuína, que é o sonho de uma vida melhor”, declarou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Felipe Freitas.

 

 “Estamos acompanhando a situação dos trabalhadores junto aos procuradores do MPT que participaram da operação de resgate no Espírito Santo e vamos articular outros parceiros locais para que eles tenham o suporte necessário para não voltarem a estar em situação de vulnerabilidade e acabarem sendo vítimas de novos aliciadores”, afirmou a procuradora Manuella Gedeon, que coordenada as ações de combate ao trabalho escravo no MPT na Bahia. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Em Guanambi, homem com mandado de prisão em aberto é preso

Um homem acusado de receptação foi preso, nesta terça-feira (28), em Guanambi, pelo 17º Batalhão de Polícia Militar. O suspeito possuía um mandado de prisão em aberto. As informações são do site Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias.   A Polícia Militar recebeu informações de que um homem teria comprado objetos oriundos de um furto

Stalker: juiz prorroga medidas protetivas contra delegado da PCDF

O Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Águas Claras prorrogou, por mais três meses, as medidas protetivas fixadas contra o ex-delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Robson Cândido. A decisão é da última terça-feira (28/5). Robson Cândido é acusado de usar a estrutura da PCDF, quando era chefe da

Gabriela Prioli fará palestra magna de abertura da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana

A conferência magna da noite de abertura da II Conferência Estadual da Jovem Advocacia Baiana será feita pela mestre em Direito Penal pela USP, a advogada Gabriela Prioli. O evento será no dia 5 de junho, a partir das 18h30, no Centro de Convenções de Salvador.    Com milhares de seguidores nas redes sociais, a