Corpo do último trabalhador da ponte Francis Scott Key é encontrado

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O corpo do último trabalhador que perdeu a vida devido ao desabamento da ponte Francis Scott Key foi encontrado nesta quarta-feira (8), conforme informaram autoridades locais.

Na madrugada de 26 de março, um navio porta-contêineres colidiu com a ponte Francis Scott Key, localizada em uma cidade da costa leste dos Estados Unidos, resultando no desabamento da estrutura e na morte de seis trabalhadores latino-americanos.

A última vítima foi identificada como José Mynor López, 37 anos, um operário da construção civil de Baltimore que estava trabalhando na ponte no momento do acidente.

O anúncio da descoberta do corpo foi feito pelo prefeito da cidade, Brandon M. Scott, através da rede social X.

As obras de reconstrução da ponte, que é a principal da costa leste dos Estados Unidos e a nona maior do país, continuam após o término das buscas pelos corpos, conforme afirmou Scott.

O navio porta-contêineres “Dali” colidiu com um dos pilares da ponte, resultando no desabamento em efeito cascata. O navio emitiu um pedido de socorro momentos antes da colisão, o que levou a polícia a interromper o tráfego na ponte, mas não houve tempo suficiente para resgatar os oito trabalhadores que estavam realizando reparos na pista.

Dois trabalhadores foram resgatados com vida. Os seis trabalhadores falecidos eram migrantes do México, Guatemala, El Salvador e Honduras.
 
 Leia Também: Terceiro corpo de vítima de queda de ponte em Baltimore é encontrado

 
 
 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Chefe de gabinete de Javier Milei renuncia na Argentina após dias de especulação

BUENOS AIRES ARGENTINA (FOLHAPRESS) - Após dias de especulação sobre conflitos internos, o chefe de gabinete do governo de Javier Milei na Argentina, Nicolás Posse, renunciou ao cargo na noite desta segunda-feira (27). Sua principal função era coordenar os trabalhos em conjunto dos ministérios. Em comunicado, a Casa Rosada disse brevemente que a saída de

‘Dia triste para os EUA’, diz Trump antes das alegações finais em seu julgamento

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos declarou nesta terça-feira (28) que o processo penal no qual é réu “nunca deveria ter ocorrido” e descreveu esta terça-feira, o dia de alegações finais, como um “dia obscuro para os Estados Unidos”. “Hoje é um dia obscuro para os Estados Unidos. Este caso nunca deveria ter ocorrido”, afirmou

Bilionário dos EUA planeja viagem de submersível aos destroços do Titanic

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O investidor imobiliário e bilionário Larry Connor, dos Estados Unidos, disse que planeja ir ao local onde estão os destroços do Titanic para provar que a viagem é segura, mesmo após a implosão "catastrófica" do submersível Titan, da OceanGate, há quase um ano. Na ocasião, todos os cinco ocupantes morreram.