DF tem 917 mil procedimentos médicos na fila de espera da rede pública

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Atualmente, a rede pública de saúde do Distrito Federal conta com 917.364 procedimentos médicos na fila de espera para realização. O número inclui cirurgias, exames, consultas e intervenções em geral.

Os dados vêm da plataforma de acompanhamento do Sistema Único de Saúde (SUS) do DF. As informações são coletadas do Sistema de Regulação (Sisreg), com atualização diária, e divulgadas pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Há, por exemplo, 7.485 registros de consultas cardiológicas para adultos na fila. O tempo médio de espera, segundo a plataforma, é de 147 dias, mas existem pacientes que fizeram solicitação em outubro de 2021.

A espera se estende também para situações de maior complexidade, como uma craniotomia para retirada de tumor cerebral. A cirurgia é adotada normalmente para a redução imediata da pressão intracraniana. No DF, segundo o sistema, 43 pessoas esperam pelo procedimento. Há pessoas que estão na fila desde 2021.

Vale ressaltar que o número é referente às solicitações e um cidadão pode ter mais de uma solicitação cadastrada. A Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) salienta que, dentre as ações desenvolvidas para dar celeridade aos atendimentos oferecidos à população, estão a nomeação de novos servidores e contratações temporárias para suprir a necessidade de diversas áreas.

“Em 2023, foram chamados 741 médicos de diversas especialidades, 241 enfermeiros, 132 cirurgiões dentistas e 565 especialistas em saúde, totalizando 1.685 nomeações. Já em 2024, foram realizados 700 novos chamamentos, sendo 90 médicos, 156 enfermeiros, 181 técnicos de enfermagem e 273 agentes de vigilância ambiental e atenção comunitária à saúde”, indicou a SES-DF.

A pasta também detalha que houve a construção e revitalização de unidades de saúde; desenvolvimento de estratégias para otimização dos processos e fluxos de trabalho. Também foi instituída a Política de Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT), que tem por objetivo promover a atenção integral à saúde e a valorização dos servidores em sua totalidade.

Anteriormente, a reportagem questionou se a secretaria considera o número superior a 900 mil procedimentos médicos na fila de espera como adequado para a situação da capital da federal, que conta com uma população de 3.094.325 pessoas. A pasta não respondeu.

Importância dos dados e atuação pública De acordo com o MPDFT, a ferramenta é importante para nortear a atuação do órgão baseada em dados oficiais. “São indicadores importantes para subsidiar o monitoramento e avaliação das políticas públicas no DF, além de demonstrarem vetores que indicam melhora ou piora desses serviços”, afirma o MP.

Com a ajuda do Site de Acompanhamento, o Ministério Público passa a ter uma atuação mais efetiva e um diálogo mais qualificado com os órgãos executivos. O site foi construído para que o cidadão tenha acesso às informações sobre os atendimentos realizados e as solicitações em lista de espera por agendamento no SUS-DF.

Fila na UTI Dados da Secretaria de Saúde do DF mostram que, até essa quinta-feira (9/5), 93% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica estavam ocupados. Apesar disso, existia uma lista de espera de sete crianças. O Metrópoles vem mostrando recentemente a luta de mães e famílias para conseguir o tratamento adequado para os seus filhos.

Em 15 de abril, o pequeno Victor Hugo Soares Costa, 2 anos, necessitava urgentemente de uma vaga de UTI pediátrica com suporte de cirurgia. Com um quadro grave de pneumonia e derrame pleural, quando há acúmulo excessivo de líquido no pulmão, os familiares do bebê tentam na Justiça que ele consiga o tratamento adequado.

O menino, segundo o prontuário médico, apresenta risco iminente de morte. O bebê conseguiu acesso ao leito horas após a publicação da matéria.

Em relação a UTI para adultos, a SES-DF indicou que 103 pessoas estava na fila, sendo que 94% dos leitos estavam ocupados nessa quinta-feira (9/5).

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

“Deixa os melancias se virar”: no STF, PM explica frase sobre Exército

A Procuradoria-Geral da República (PGR) questionou, nessa segunda-feira (20/5), quatro dos sete policiais militares do Distrito Federal denunciados por supostas omissões relacionadas aos atos antidemocráticos de 8 de janeiro de 2023. O grupo, que já é réu, presta depoimento no Supremo Tribunal Federal (STF) de forma virtual. Na oitiva do coronel Marcelo Casimiro, então titular

Alice Portugal e Lídice da Mata se reúnem com Bruno Reis para debater futuro do Centro de Referência de Atenção à Mulher

Uma reunião entre o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), e as deputadas federais Alice Portugal (PCdoB) e Lídice da Mata (PSB) ocorreu na manhã desta segunda-feira (20) para tratar do futuro do Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares, localizado nos Barris - que corre risco de fechamento -, e de outras

SP Alto Astral: Programa emprega mães em situação de risco

Mais de 5 mil mulheres fazem parte do programa Mães Guardiãs, que dá emprego em projetos pedagógicos nas escolas para pessoas em vulnerabilidade social. As participantes têm uma bolsa-auxílio de R$ 1.482,60, e atuam em uma jornada de 30h semanais. Em abril, 900 candidatas foram convocadas para mais uma etapa do programa, voltada à capacitação