Ex-voluntário dos escuteiros escondeu câmera em banheiro nos EUA

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Um antigo voluntário dos escuteiros foi condenado a 22 anos de prisão por esconder câmeras no banheiro de um acampamento no Missouri, nos Estados Unidos.

Segundo a agência de notícias The Associated Press (AP), o indivíduo, identificado como David Lee Nelson, de 41 anos, teria ainda de pagar uma indenização de 65 mil dólares.

O caso ocorreu em julho de 2021, quando Nelson colocou câmeras em dispensadores de toalhas de papel, posicionando-as de forma a captar um chuveiro e outras partes do banheiro de um acampamento, no condado de St. Louis. 

Uma das câmaras foi encontrada quando os escuteiros estavam limpando o banheiro. Após a descoberta, fizeram uma busca e encontraram outra câmara e decidiram então chamar as autoridades. 

Em janeiro, Nelson declarou-se culpado de duas acusações de produção de pornografia infantil e de duas acusações de tentativa de produção de pornografia infantil.

Da indenização de 65 mil dólares, parte será usada para acompanhamento psicológico das vítimas. 

Leia Também: As doenças que mais matam no mundo hoje – e como preveni-las

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Governo de Papua-Nova Guiné eleva para 2.000 estimativa de mortos após deslizamento de terra

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo de Papua-Nova Guiné afirmou à ONU (Organização das Nações Unidas) que estima haver mais de 2.000 pessoas soterradas após um deslizamento de terra em vilarejos ao norte do país da Oceania, na última sexta-feira (24). "O deslizamento (...) causou grande destruição em construções e plantações e teve um

Justiça da Argentina ordena que governo Milei distribua alimentos às cozinhas comunitárias

A justiça da Argentina ordenou, nesta segunda-feira (27), a distribuição oficial às cozinhas comunitárias de toneladas de alimentos armazenadas em depósitos do Ministério do Capital Humano, mas o governo de Javier Milei anunciou que vai recorrer da decisão porque se trata de reservas “para catástrofes”. “Diante deste grupo que sofre agudamente de insegurança alimentar e

Menino de 15 anos com distúrbio neurológico é atacado por urso nos EUA

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um menino de 15 anos, que possui distúrbio neurológico raro, foi atacado por um urso-negro dentro de casa, no Arizona (EUA). Brigham Hawkins estava assistindo a um vídeo no YouTube. O garoto foi surpreendido pelo animal, que veio por trás e o atacou duas vezes em seu rosto. O animal