Fundador do Twitter abandona liderança da Bluesky (rival do novo X)

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Jack Dorsey, o fundador do Twitter (agora conhecido como X, após a aquisição feita pelo milionário Elon Musk), tomou a decisão de deixar o conselho administrativo da Bluesky, uma rede social descentralizada da qual foi um dos fundadores.

Em uma postagem em sua plataforma, a empresa anunciou que está em busca de um novo membro para integrar o conselho administrativo.

“Ao sair de Jack, estamos à procura de um novo membro para o conselho administrativo da Bluesky, uma rede social de utilidade pública, comprometida em construir uma plataforma onde as pessoas tenham controle sobre sua experiência”, declarou.

A confirmação veio após um usuário da rede social X questionar Dorsey se ele ainda fazia parte do conselho da Bluesky, ao qual ele respondeu com um simples “não”.

Em fevereiro, a Bluesky divulgou ter alcançado a marca de mais de quatro milhões de usuários, menos de um ano após seu lançamento.

Leia Também: Musk e Milei terão nova reunião em menos de um mês

 
 
 
 
 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Busca com IA do Google, lançada nesta segunda (20) nos EUA, pode empobrecer a internet, dizem especialistas

PEDRO S. TEIXEIRASÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A partir desta segunda (20), o Google responde com um resumo feito por IA às buscas dos usuários americanos. O recurso chama-se AI Overview, algo como apanhado de IA. Esse texto gerado pela IA Gemini, o ChatGPT do Google, será o primeiro resultado e estará acompanhado de dois

Compra do TikTok pode chegar a cem bilhões de dólares

Depois de ser assinada a lei que determina a venda forçada do TikTok pela chinesa ByteDance, a Wired diz agora que os candidatos à compra da plataforma devem estar dispostos a ‘abrir mão’ de uma avultada soma. A publicação diz que, de acordo com as mais recentes estimativas, o TikTok poderá ser vendido por cem

Blue Origin faz 1º voo suborbital com 6 tripulantes após falha de motor em 2022

Depois de quase dois anos, a Blue Origin, empresa de foguetes do bilionário Jeff Bezos, realizou o primeiro voo tripulado desde que a empresa sofreu uma falha de motor em setembro de 2022. Carregando seis tripulantes, a nave New Shepard foi lançada do oeste do Texas e realizou uma viagem ao espaço em uma viagem