Países prestam solidariedade às vítimas das chuvas no RS e oferecem ajuda

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Países como Venezuela, Argentina, Itália, Uruguai e Portugal prestaram solidariedade à situação da população do Rio Grande do Sul, que está sendo atingida pelas chuvas há uma semana.

O governo do Uruguai informou que enviará um helicóptero para ajudar no resgate das vítimas. O anúncio foi feito no último sábado (4) pelo X (Antigo Twitter) e o Ministério da Defesa Nacional disse que a operação será realizada após mediação com o governo estadual e o Ministério das Relações Exteriores.

Giorgia Meloni, primeira-ministra da Itália, contou ter tido conhecimento da situação do Rio Grande do Sul e prestou condolências. A publicação, feita neste domingo (5), foi respondida pelo presidente Lula (PT). ”Obrigado pela solidariedade a essa região do Brasil, que também tem tantos descendentes de italianos que imigraram para nosso país.”

A Argentina se colocou à disposição das autoridades brasileiras para a assistência imediata da população gaúcha.

O governo argentino expressou solidariedade à região Sul e disse poder contribuir com os elementos necessários para atender às vítimas.

Yván Gil Pinto, ministro das relações exteriores da Venezuela, também ofereceu apoio ao governo brasileiro. Ele publicou na sexta-feira (3) um vídeo em que mostrava casas alagadas, carros submersos e pessoas desalojadas no Rio Grande do Sul, prestando solidariedade em nome do presidente Nicolas Maduro.

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, transmitiu solidariedade aos familiares das vítimas e ao presidente Lula. ”Sequência das cheias devastadoras que têm atingido o Estado do Rio Grande do Sul, provocando a morte de dezenas de pessoas, assim como o desalojamento de numerosas famílias, e afetando gravemente milhares de casas e infraestruturas essenciais”, descreveu o comunicado.

Leia Também: Israel assume controle da fronteira entre Gaza e Egito em Rafah

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Ataque a campo de refugiados de Gaza foi ‘incidente trágico’, diz Netanyahu

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o ataque de Israel ao campo de refugiados de Rafah foi "incidente trágico". Ao menos 45 pessoas morreram. Premiê afirmou que ataque a Rafah será investigado. Ao Parlamento de Israel, Netanyahu afirmou que o país retirou "um milhão de moradores que não

Israel é criticado por comunidade internacional por ataque em Rafah, e EUA pedem precauções para proteger os civis

A Casa Branca disse estar impactada com o bombardeio israelense em Rafah, na Faixa de Gaza, que deixou ao menos 45 pessoas mortas, e pediu para que Israel tome precauções para proteger os civis. “Deixamos claro que Israel deve tomar todas as precauções possíveis para proteger os civis”, disse um porta-voz do Conselho de Segurança

Macron apela por uma Europa forte e soberana, visando ‘defesa e segurança’ diante da ameaça russa

O presidente francês, Emmanuel Macron, fez um apelo na Alemanha, nesta segunda-feira (27), para que se tenha uma Europa mais forte e soberana como garantia da paz, prosperidade e democracia, em um momento que o velho continente atravessa “um momento sem precedentes na sua história” e, diante da ameaça russa, deve pensar na sua própria