Relator pede aprovação de projeto que torna nepotismo crime 

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O deputado Aureo Ribeiro, do Solidariedade do Rio de Janeiro, apresentou um relatório favorável ao projeto que torna crime o nepotismo e veda nomeações de parentes também para cargos de ministro e embaixador. O relatório foi apresentado no último dia 25 e está pronto para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

O projeto insere o nepotismo no Código Penal, com detenção de três meses a um ano. E proíbe a nomeação de “cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau” em cargos de confiança na União, inclusive ministros e embaixadores.

A proposta ganhou tração em 2019 como uma forma de a oposição barrar a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do então presidente Jair Bolsonaro, para o cargo de embaixador brasileiro nos Estados Unidos. Criticado, Bolsonaro desistiu da nomeação depois de algumas semanas.

Segundo o relator, o projeto de lei busca uniformizar o combate ao nepotismo na administração federal, com base em julgamentos recentes do Supremo Tribunal Federal.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Vídeo mostra delegado urinando em frente a comércio: “Tem problema?”

São Paulo — Um vídeo feito por uma testemunha, na tarde da última sexta-feira (24/5), mostra um delegado da Polícia Civil urinando em frente a um comércio, na Rua Irmã Carolina, no Belém, zona leste de São Paulo, momentos antes de ser baleado por policial militar de folga. Nas imagens, publicadas pelo G1, o delegado

Manicure é sequestrada em Paripe; corpo da vítima é encontrado no CIA

  Uma manicure, identificada como Suelen Ferreira, foi sequestrada na noite deste sábado (25) e, depois, assassinada na região do CIA. De acordo com as primeiras informações, a jovem iria fazer 29 anos no final deste mês e deixa quatro filhos, sendo duas meninas e dois meninos. Ela não tinha passagem pela polícia.    A

Procurado por matar pai e filho em PE é capturado no litoral paulista

São Paulo – A Polícia Militar capturou um foragido de 28 anos, na tarde de quinta-feira (22/5), na Avenida Itapuã, em Bertioga, no litoral paulista. Segundo o G1, o foragido seria Jardes José da Silva, o Bala, que é acusado de matar pai e filho no interior de Pernambuco, em 2021. O processo que tramita