Saco com é cobras encontrado nas calças de passageiro em aeroporto

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

É bizarro, mas aconteceu mesmo. Agentes de segurança de um posto de controle do Aeroporto Internacional de Miami, nos Estados Unidos, detectaram um saco com cobras que estava escondido nas calças de um passageiro, no último dia 26 de abril.

A descoberta foi divulgada esta semana pela Administração para a Segurança dos Transportes (TSA). Os répteis quase embarcaram num voo, mas acabaram ‘a salvo’.

“Foi detectado este saco de cobras escondido nas calças de um passageiro”, reportou a TSA numa publicação na rede social X (antigo Twitter), que mostra duas pequenas cobras que foram encontradas no que parece ser uma bolsa para guardar óculos de sol.

As autoridades locais foram alertadas para o sucedido e as duas pequenas cobras “foram entregues à Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida”.

Leia Também: Criança morre após ser forçada a correr em esteira pelo pai

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Vulcão islandês cospe lava a 50 metros de altura em nova erupção

Um vulcão na Islândia entrou novamente em erupção, marcando a quinta vez desde dezembro. A erupção ocorreu na península de Reykjanes, onde vivem cerca de 30.000 pessoas, ao sul da capital Reykjavik. O evento começou no início da tarde desta quarta-feira, após uma série de terremotos ao norte de Grindavik, uma cidade pesqueira com 3.800

Rei Charles III vai desfilar em carruagem para comemorar aniversário

Em tratamento contra o câncer, o rei Charles III desfilará em uma carruagem na comemoração de seu aniversário no dia 15 de junho, e não a cavalo como no ano passado, informou a agência de notícias PA nesta quinta-feira (30). O soberano do Reino Unido completará 76 anos só no dia 14 de novembro, mas

Mulher acumula dívidas após gastar milhares em compras enquanto dorme

Kelly Knipes, uma inglesa de 42 anos, enfrenta um pesadelo recorrente: ao acordar pela manhã, ela se depara com compras inusitadas em sua conta bancária, feitas durante o sono. Diagnosticada com parassonia, um distúrbio que provoca comportamentos involuntários durante a noite, Kelly já acumula cerca de R$ 20 mil em dívidas e teme novos golpes.