Tribunais Superiores suspendem prazos processuais envolvendo o Rio Grande do Sul

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

Com o estado de calamidade pública decretado pelo governo do Rio Grande do Sul, por conta dos temporais e enchentes, os Tribunais Superiores decidiram suspender os prazos processuais que envolvam o estado. 

 

Decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, determinou a suspensão, no período de 2 a 10 de maio, dos prazos processuais de todas as ações em andamento no STF que envolvam o estado do Rio Grande do Sul ou seus municípios, que sejam oriundos de tribunais do estado ou cujas partes sejam representadas exclusivamente por advogados inscritos na OAB do RS. 

 

Durante o mesmo período, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu os prazos em que sejam parte o estado do Rio Grande do Sul ou seus municípios; oriundos de varas e tribunais sediados no estado; cujas partes estejam representadas exclusivamente por advogados inscritos na OAB-RS. Ainda de acordo com a resolução do STJ, caberá aos relatores a análise de situações não abrangidas pelo normativo, mas que estejam comprovadamente relacionadas à calamidade pública. 

 

O Órgão Especial do Tribunal Superior do Trabalho (TST) também decidiu, nesta segunda-feira (6), pela suspensão até 10 de maio de prazos processuais em processos oriundos de varas do Trabalho localizadas no Rio Grande do Sul ou do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4), e de processos em que sejam parte o estado do Rio Grande do Sul ou municípios gaúchos.

 

O TRT-4 (RS) também suspendeu até 10 de maio: prazos processuais, audiências e sessões de julgamento, inclusive telepresenciais, perícias e cumprimentos de mandados e atendimentos presenciais. 

 

Os prazos processuais voltam a correr no dia 11 de maio. As decisões acolheram pedido feito pelo Conselho Federal da OAB.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Canais bombam vídeos de rachas que chegam a 189 km/h e ignoram polícia

São Paulo — Dois carros em movimento se emparelham no meio de uma rodovia, em plena luz do dia. Com motores modificados, os veículos avançam a mais de 100 km/h, trocam de pista várias vezes, e ultrapassam quem estiver no caminho. Toda a ação é filmada de diferentes ângulos e exibida com orgulho na internet.

No DF, 911 presos não voltaram de Saidões em 5 anos; 2% do total

Entre janeiro de 2020 e maio de 2024, ocorreram 911 fugas durante as saídas temporárias da Papuda, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape-DF). A cada “saídão“, deixaram as celas entre 1.141 e 2.157 presos. A taxa de fugitivos variou de 0,61% até 2,47% do total de beneficiados. No mesmo período, reeducandos

Morador de rua tentou matar agente da PF após discussão sobre comida

O homem em situação de rua que atirou pedras contra um agente aposentado da Polícia Federal iniciou as agressões após policial se negar a comprar um prato de comida para ele. O caso ocorreu na tarde deste sábado (25/5), na Quadra 303 do Sudoeste, área nobre do Distrito Federal. De acordo com o relato da