‘90% de chances’ de acontecer São João este ano, diz Rui Costa

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

csm sao joao cred rosilda cruz bahia tursa 7d62942c29

Pode separar as bandeirolas e a camisa quadriculada: há grandes chances de as festas de São João acontecerem este ano. As festas juninas foram proibidas por dois anos proibidas por causa da pandemia da covid-19. 

A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa, nesta quinta-feira (31). “Hoje há mais de 90% de chances de o São João na Bahia acontecer, com o apoio do Governo do Estado”, anunciou.

Ainda de acordo com ele, os órgão estaduais já estão empenhados para que a festa possa acontecer. “Já determinei que os órgãos estaduais comecem a planejar e tomaremos a decisão ao longo do mês de abril”, detalhou.

Mais uma vez, a decisão está condicionada aos índices da pandemia, que permanecem em queda no estado. “Se os números da pandemia se mantiverem em queda, em abril, anunciaremos”, explicou o governador.

Para o mês de abril também está prevista a liberação do uso de máscaras em ambientes abertos. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Padilha diz que governo trabalha para liberar parte dos R$ 5,6 bi em emendas vetados por Lula

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Responsável pela articulação política do governo, o ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT), afirmou nesta segunda-feira (22) que trabalha em uma proposta para liberar parte dos R$ 5,6 bilhões em emendas de comissão vetados pelo presidente Lula (PT). "Estamos construindo uma proposta de poder ajustar, até a sessão

Defesa Civil abre nova turma de capacitação de voluntários em maio

Com o objetivo de formar multiplicadores em comunidades localizadas em áreas de risco, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) capacita mensalmente 60 voluntários para disseminar as ações da instituição. As aulas da formação "Mobiliza Defesa Civil" acontecem no auditório da Codesal, na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), sempre na primeira sexta-feira do mês.   Para

Lula diz que é preciso criar um telefone para as pessoas reclamarem do governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta segunda-feira, 22, que o governo precisa criar um telefone para que as pessoas possam "se queixar se as coisas não estão acontecendo". A declaração ocorreu no lançamento do programa Acredita, um pacote de medidas que prevê crédito e renegociação de dívidas para os pequenos negócios