Fernanda Montenegro critica governo Bolsonaro: ‘trágico’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos
A atriz Fernanda Montenegro disse, em entrevista à Revista Ela, do jornal O Globo, divulgada no domingo (20/3), que a gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL) é trágica e que os brasileiros estão “nas catacumbas, vivos”. A imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL), que está com 92 anos, ainda afirmou que não pretende mais votar.
“Não vou votar. O mais simbólico desse governo foi o fim da cultura das artes. Não tem governo radical que não pare a cultura das artes. Mas estamos nas catacumbas, vivos. E não estamos extinguidos”, confessou a artista. Ela ainda disse que, hoje, a esperança tem que estar mais ativa do que nunca.
Na entrevista, Montenegro criticou o símbolo que se tornou marca registrada de Bolsonaro: a arminha com as mãos. “Estamos com esse trágico governo, um presidente que faz como símbolo da sua atividade presidencial uma mão (faz o gesto de Jair Bolsonaro) que é uma arma ou o sexo de um homem. �? um emblema sórdido”, opinou a imortal.
 

Antecessores

Para Fernanda Montenegro, Bolsonaro só venceu as eleições em 2018 porque os presidentes que assumiram o poder antes dele “não fizeram o suficiente”. “Esse homem só está no poder porque todos os governos que o precederam, embora mais simpáticos, mais democratas, não fizeram o suficiente. Dou como exemplo as favelas. �? uma herança. Por que não tiraram esse homem do poder? A carência social não deveria estar tão potente.”
A atriz foi eleita imortal da Academia Brasileira de Letras no final do ano passado. Na ocasião, ela discutiu o cenário político do Brasil e não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro, e ao ex-presidente Lula. “Estamos vivendo um momento complicadíssimo, porque esse horror (Bolsonaro) quer continuar, e o outro (Lula), apesar de ter sido bastante interessante, quer voltar. Mas com quem? Com o quê? Com qual atendimento político honesto e sadio, sem ter que comprar votos para continuar, por exemplo?”, disse ela ao ser eleita imortal, garantindo que, se o Lula voltar, �??seria como uma reeleição�?�.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro pode ser preso se incitar crime durante ato no domingo na avenida Paulista

(FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) pode ser preso se fizer apologia ou incitação ao crime durante manifestação convocada por ele na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25), afirmam especialistas. Os profissionais, entretanto, divergem sobre se a mera convocação do ato já poderia ensejar uma prisão preventiva, uma vez que o ex-presidente é investigado

Lula escolhe novo juiz, e TRE-PR deve marcar data do julgamento de Moro

(FOLHAPRESS) - O presidente Lula (PT) escolheu o advogado José Rodrigo Sade para a cadeira de juiz do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Paraná, corte que julgará o senador Sergio Moro (União Brasil) em um processo com pedido de cassação movido pelo PT e pelo PL. A nomeação de Sade, que figurava em uma lista

STF vê ‘omissão’ e torna réus oficiais da antiga cúpula da PM do DF

O Supremo Tribunal Federal colocou no banco dos réus sete oficiais da antiga cúpula da Polícia Militar do Distrito Federal acusados pela Procuradoria-Geral da República de omissão ante os atos golpistas de 8 de janeiro. Para a PGR, a conduta dos agentes favoreceu a invasão e a depredação dos prédios dos três Poderes em Brasília.