Consórcio Infraestrutura MG vence leilão de lote rodoviário em Minas

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O consórcio Infraestrutura MG, formado pelas empresas Equipav e Perfin, arrematou hoje (8) o lote rodoviário Triângulo Mineiro em leilão realizado em São Paulo. Ele foi o único concorrente a participar do pregão e fez oferta de valor da tarifa básica do pedágio de R$ 11,48, um centavo abaixo do máximo permitido pelo edital (R$ 11,49). ebcebc

O leilão estava previsto para ser realizado na bolsa de valores de São Paulo, a B3, mas uma ação judicial do Ministério Público Federal (MPF) impediu que o evento ocorresse ali. A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade do estado de Minas Gerais optou por realizar o pregão em um prédio da própria secretaria, nas proximidades da B3, no centro de São Paulo.

O grupo vencedor será responsável pela concessão de 627,4 km de rodovias entre as cidades mineiras de Uberlândia, Uberaba, Patrocínio e Araxá.

Rodovias

O projeto, de exploração, conservação, manutenção, melhoramentos e ampliação da infraestrutura, abrange trechos das rodovias BR-452 (96 km), BR-365 (130,1 km), CMG-452 (65,5 km), CMG-462 (93,2 km), LMG-782 (16,4 km), LMG-798 (42,5 km), LMG-812 (7,2 km), MG-190 (71,9) e MG-427 (104,6 km).

Segundo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que participou da estruturação do projeto de privatização, estão previstos investimentos de R$ 3,2 bilhões, sendo R$ 1,4 bilhão nos oito primeiros anos da concessão. 

O consórcio vencedor será responsável pela duplicação de 36,1 quilômetros de rodovia e implantação de 55 quilômetros de faixas adicionais, além de 353 quilômetros de acostamento, 52 dispositivos de interseção e rotatórias, três travessias de pedestres e 13 quilômetros de pavimentação, entre outras melhorias.

Ação na Justiça

O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais obteve na manhã de hoje, na Justiça Federal, a suspensão do leilão em decisão publicada pelo Juiz federal José Humberto Ferreira, da 2ª Vara Federal Cível e Criminal de Uberlândia (MG). Apesar da determinação, o pregão ocorreu no meio da tarde. De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade do Estado de Minas Gerais, a pasta não havia sido notificada.

Matéria atualizada às 18h37 para acréscimo de informações sobre decisão do MPF/MG sobre suspensão do leilão.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Trump vence primárias republicanas na Carolina do Sul, estado natal de Haley

O ex-presidente Donald Trump conquistou a vitória nas primárias presidenciais republicanas da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, derrotando a opositora de partido Nikki Haley em seu estado natal. Com mais de 85% dos votos tabulados, Trump venceu por 59,9% a 39,4%. As vitórias anteriores do ex-mandatário em Iowa, New Hampshire e Nevada já o colocavam como

Israel acusa ONU de ignorar crimes do Hamas por pedir embargo de armas

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, acusou os relatores e especialistas da ONU (Organização das Nações Unidas) de “ignorar os crimes de guerra, os crimes sexuais e os crimes contra a humanidade” cometidos pelo grupo palestino Hamas. A declaração ocorre após 37 membros da entidade pedirem na última sexta-feira, 23, um embargo

Milei participa de evento com Trump nos EUA e sinaliza apoio ao republicano

O presidente da Argentina, Javier Milei, e o ex-presidente Donald Trump compartilharam um abraço entusiasmado na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) em Maryland, nos Estados Unidos. Em vídeo compartilhado por um membro da campanha do republicano, o argentino aparece gritando “presidente” e puxando Trump para um abraço antes de tirarem fotos juntos. O norte-americano