Flávio Bolsonaro sobre golpe militar: ‘Nunca foi cogitado’

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto
O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), ‘filho 01’ do presidente, disse que um golpe militar, especialmente estimulado por Jair Bolsonaro (PL), nunca foi cogitado. Ele afirma que, embora desde o início as pessoas tenham criado essa suposição de que o Bolsonaro iria dar um golpe, isso nunca foi uma realidade.
Em entrevista à Jovem Pan News, nesta quinta-feira (8/12), o parlamentar disse que desde o início do governo acreditavam que Bolsonaro daria um golpe militar a qualquer momento, mas tudo que ele queria era “governar em paz” e fazer a coisa certa. Flávio também disse que em muitas ocasiões seu pai era o “apaziguador”. 
“Criou-se uma ilusão. As pessoas acreditavam que o Bolsonaro estava preparando desde o primeiro dia de seu governo um golpe militar. […] Só que isso nunca foi cogitado. Bolsonaro várias vezes era o maior apaziguador que tinha. Ele me orientava: ‘Flávio não vai nessa linha, a gente quer fazer a coisa certa, eu só quero ter paz para governar. As pessoas do outro lado da praça vão entender que eu não sou ameaça'”, disse Flávio Bolsonaro.
 
  • Leia também: Bolsonaro ouve gritos de ‘mito’ em evento militar no interior de São Paulo 
 
Flávio também alegou que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, “perseguiu” o presidente. O senador ainda disse que tentou conversar com ministros do STF para que pudessem resolver essa “perseguição” internamente.
 
  • Leia também: Após choro, Bolsonaro vai a outro evento militar e segue sem discursar 
 
“Que aqueles mais experientes pudessem chegar no Alexandre de Moraes e falar: ‘Já deu, o que está acontecendo não dá mais. Você ultrapassou todos os limites. Vamos restabelecer a normalidade institucional. Vida que segue. O Bolsonaro não é ameaça para ninguém […]’. Só que isso não aconteceu. E eu acreditava que podia ser resolvido internamente com eles”, concluiu. 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Bolsonaro chega acuado a ato e busca demonstrar força política contra investigações

MARIANNA HOLANDA E GABRIELA BILÓBRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Jair Bolsonaro (PL) aposta mais uma vez numa manifestação na avenida Paulista, em São Paulo, para tentar demonstrar seu capital político. Neste domingo (25), o ex-presidente tem como principal objetivo apresentar um retrato de que mantém apoio popular e, dessa forma, reagir ao avanço das investigações sobre

Influenciador português que entrevistou Bolsonaro diz ter sido detido pela PF no Brasil

O influenciador português Sérgio Tavares, que recentemente entrevistou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em uma live em seu canal no YouTube, postou um vídeo em seu perfil no X (antigo Twitter) em que diz ter sido detido pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto de Guarulhos (GRU) ao desembarcar no Brasil, na manhã deste domingo, 25.

Em último ato na Paulista, Bolsonaro chamou Moraes de canalha e atacou urnas e o STF

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve discursar na tarde deste domingo, 25, em um ato convocado após ele se tornar alvo de investigação sobre tentativa de golpe de Estado. A manifestação vai ocorrer na Avenida Paulista, em São Paulo, uma via pública conhecida como palco de atos políticos - e não será a primeira vez