Biden anuncia pacote de ajuda militar à Ucrânia de US$ 325 milhões

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos


design sem nome 5 2

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou um pacote de ajuda militar à Ucrânia de US$ 325 milhões. Biden se reuniu com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky nesta quinta-feira, 21, na Casa Branca. O auxílio inclui capacidades de defesa aérea, munições cluster, armas antitanque, dentre outros equipamentos. “Hoje aprovei a próxima parcela da assistência de segurança dos EUA à Ucrânia, incluindo mais artilharia, mais munições, mais armas antitanque e na próxima semana, os primeiros tanques Abrams dos EUA serão entregues à Ucrânia”, disse Biden. “Também nos concentramos no fortalecimento das capacidades de defesa aérea da Ucrânia para proteger a infraestrutura crítica que fornece calor e luz durante os dias mais frios e escuros do ano”, complementou o líder americano. Zelensky disse que os americanos estão juntos “com os ucranianos, com as pessoas comuns’ e agradeceu pelo auxílio. Antes mesmo da reunião entre os líderes, a diretora sênior do Conselho de Segurança Nacional para a Europa, Amanda Sloat, discutiu o pacote de ajuda nos “Relatórios Andrea Mitchell”. “É o quarto pacote que anunciaremos em seis semanas”, disse Sloat que destacou a defesa aérea: “É a capacidade mais crítica de que os ucranianos precisam agora”. Esta é segunda viagem do líder ucraniano a Washington desde que a Rússia invadiu a Ucrânia no início de 2022. No início do dia, Zelensky se reuniu com um grupo bipartidário de membros da Câmara e pouco depois reuniu-se com cerca de 70 senadores. Após a reunião, os líderes se juntaram a uma reunião bilateral ampliada na Sala Leste com outros altos funcionários do governo americano, incluindo a vice-presidente Kamala Harris.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Vulcão Popocatépetl em erupção causa transtornos no México; veja

A atividade vulcânica na região central do México tem causado transtornos nos últimos dias para os 25 milhões de habitantes que vivem a menos de 100 quilômetros do vulcão Popocatépetl. O vulcão entrou em erupção na terça-feira (27/02), expelindo uma enorme nuvem de fumaça e cinzas. Foram registradas 13 erupções entre terça e quarta-feira, o

Multidão faz fila em frente à igreja russa para se despedir de Navalny

Milhares de russos se reuniram nesta sexta-feira, 1º, em frente à igreja em Moscou, na Rússia, onde será realizada a despedida do líder opositor Alexei Navalny, que morreu há duas semanas em uma prisão no Ártico. Segundo porta-voz de Navalny, familiares foram até o necrotério para recolher o corpo do político, mas não conseguiram até

Multidão aguarda corpo de Navalny para funeral em meio a atrasos; veja

Após uma série de obstáculos e atrasos, as cerimónias fúnebres do opositor russo Alexei Navalny, morto em 16 de fevereiro na prisão, finalmente estão em andamento nesta sexta-feira (1º) em Moscou. Dezenas de pessoas se reúnem do lado de fora da igreja da Mãe de Deus, no distrito de Maryino, aguardando a chegada do corpo