CBF confirma treinador Arthur Elias, do Corinthians, como substituto de Pia Sundhage na seleção feminina

Publicado em

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto


arthur elias

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) confirmou que o treinador Arthur Elias aceitou a proposta para deixar o Corinthians e comandar a seleção brasileira feminina. Em cerimônia realizada nesta sexta-feira, 1º, no Rio de Janeiro, o presidente Ednaldo Rodrigues confirmou que o profissional de 42 anos substituirá a sueca Pia Sundhage, demitida após o fracasso do Brasil na Copa do Mundo deste ano. O contrato do novo técnico será válido até 2027. Desta forma, ele comandará a Amarelinha nas Olimpíadas de Paris-2024 e no próximo Mundial, que ainda não tem sede definida – o governo brasileiro lançou candidatura. Pela equipe feminina do Timão, Arthur Elias fez história, sendo tetracampeão do Brasileiro (2018, 2020, 2021 e 2022), tri da Copa Libertadores da América (2017, 2019 e 2021) e tri do Paulistão (2019, 2020 e 2021). Com o jovem treinador no comando, as “Brabas” ainda ganharam a Copa do Brasil (2016) e a Supercopa do Brasil (2022).

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Lionel Messi comemora aniversário da mulher com festa temática da Disney

O atacante Lionel Messi, de 36 anos, melhor jogador do mundo segundo a Fifa, compartilhou nas redes sociais imagens da festa de aniversário de sua esposa, Antonela Roccuzzo. A socialite completou 36 anos, e a comemoração teve como tema a Disney, com a presença das personagens Pocahontas, Ariel e Cinderela, ícones dos filmes infantis da

São Paulo inscreve James Rodríguez no Paulistão para substituir Luiz Gustavo

O São Paulo inscreveu James Rodríguez no Campeonato Paulista, substituindo Luiz Gustavo, que está lesionado. A decisão havia sido antecipada pelo técnico Thiago Carpini após o empate com o Guarani. A inscrição do colombiano foi possível devido a uma brecha no regulamento que permite a troca de jogadores contundidos com lesões graves. A torcida, que

Valencia proíbe Netflix de filmar documentário sobre Vinicius Júnior

O Valencia proibiu a entrada da Netflix no estádio Mestalla para filmar um documentário sobre Vinicius Júnior. A equipe de produção pretendia captar imagens do jogador durante o jogo do Real Madrid na cidade de Valência, mas foi impedida de entrar no local. Segundo fontes do clube, a decisão de vetar as filmagens foi tomada internamente.