Idalia ganha força e atingirá Flórida como furacão; região está em estado de emergência

Publicado em

Tempo estimado de leitura: 2 minutos


tempestade tropical idalia 1

A tempestade tropical Idalia virou um furacão de categoria 1 em sua trajetória para o Estado da Flórida, na costa leste dos Estados Unidos. O fenômeno ganhou força nesta terça-feira, 29, e se transformou. “Idalia agora é um furacão. A expectativa é que se intensifique e vire rapidamente um grande furacão, extremamente perigoso, antes de tocar o solo na quarta-feira”, afirma um alerta do Centro Nacional de Furacões (NHC) publicado às 9h GMT (6h de Brasília). No momento do alerta, Idalia estava a 600 quilômetros ao sul-sudoeste de Tampa, na Flórida, com ventos máximos sustentados de 120 km/h. Ron DeSantis, governador da Flórida e pré-candidato à presidência dos Estados Unidos, declarou estado de emergência em 46 condados na segunda-feira, 28, e anunciou a retirada de moradores no oeste do estado. Ele acrescentou que 42 escolas optaram por fechar por dois dias. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deu aval para declaração de emergência à Flórida, o que garante ajuda federal para enfrentar a passagem do fenômeno.

“Este vai ser um furacão potente e, sem dúvida, vai afetar o Estado da Flórida de muitas maneiras diferentes. Então, por favor, prestem atenção nas diretrizes das autoridades locais”, afirmou DeSantis em uma entrevista coletiva. As inundações podem afetar áreas da Carolina do Sul entre quarta e quinta-feira. Furacões são considerados de grande intensidade a partir da categoria 3 na escala Saffir-Simpson (que vai até cinco). Segundo o NHC, podem provocar danos “devastadores” e “catastróficos”. A Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA) está se preparando para o impacto com mobilização de parte dos funcionários, segundo a Casa Branca.

Durante sua passagem por Cuba, a tempestade Idalia ocasionou ventos máximos de 110 km/h e provocou uma operação de retirada de milhares de moradores das províncias do oeste do país na segunda-feira. O serviço ferroviário suspendeu as viagens a partir de Pinar del Río e o transporte marítimo de passageiros foi interrompido no domingo na Isla de la Juventud, segundo a imprensa local. A Defesa Civil de Cuba ativou a Fase de Alerta Ciclônico para as províncias de Pinar del Río, Artemisa e Isla de la Juventud, no oeste do país, enquanto chuvas intermitentes também afetaram a província vizinha de Mayabeque. Havana está em alerta.

Idalia se formou no domingo, 27, no Caribe, perto do sudeste do México. A formação da tempestade alterou o clima no Estado mexicano de Quintana Roo, onde está localizada Cancún, com chuvas fortes que frustraram os planos dos turistas no último fim de semana das férias de verão (hemisfério norte, inverno no Brasil). Os cientistas alertam que as tempestades ficarão cada vez mais potentes com o aquecimento do planeta devido à mudança climática. Em 2022, o furacão Ian, que tocou o solo em Cuba como fenômeno de categoria 3, deixou pelo menos dois mortos antes de seguir para a Flórida, onde atingiu a categoria 5 e provocou 150 mortes.

*Com informações das agências internacionais 

 

 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Netanyahu diz que Lula ‘cruzou linha vermelha’ ao comparar ações em Gaza a Holocausto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, afirmou neste domingo (18) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) "cruzou a linha vermelha" ao comparar as ações do país na Faixa de Gaza ao extermínio conduzido por Adolf Hitler, no qual 6 milhões de judeus foram mortos de forma sistemática

Trump vence primárias republicanas na Carolina do Sul, estado natal de Haley

O ex-presidente Donald Trump conquistou a vitória nas primárias presidenciais republicanas da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, derrotando a opositora de partido Nikki Haley em seu estado natal. Com mais de 85% dos votos tabulados, Trump venceu por 59,9% a 39,4%. As vitórias anteriores do ex-mandatário em Iowa, New Hampshire e Nevada já o colocavam como

Homem mata o pai, o irmão e mais 10 familiares no Irã

Um homem matou, no sábado, 12 familiares na província de Kerman, no Irã, devido a disputas familiares.  Entre as vítimas estão o pai e o irmão do atirador, de 30 anos, segundo revelou o chefe do departamento de justiça de Kerman, Ebrahim Hamidi. De acordo com a Associated Press, o homem usou uma arma Kalashnikov