AGU diz ao STF que há indícios de crime no ‘Twitter Files’

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

A Advocacia-Geral da União (AGU) enviou nesta terça-feira, 23, ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma “notícia de fato” com informações que apontam uma “provável ocorrência de crime contra o Estado Democrático de Direito” na divulgação de informações sigilosas pelo jornalista americano Michael Shellenberger em seu perfil no X – os chamados “Twitter Files”.

A AGU pede que o ministro Alexandre de Moraes encaminhe as informações ao Ministério Público Federal (MPF) para que o órgão avalie se houve crime e identifique as respectivas autorias.

Os documentos divulgados pelo jornalista americano tratam-se de um conjunto de e-mails trocados por funcionários do X que discutem o conteúdo de decisões sigilosas da Justiça brasileira que determinam a remoção de posts que disseminam desinformação sobre urnas eletrônicas e ataques aos ministros do Supremo.

“É possível inferir que os fatos ora narrados têm o condão de ofender a esfera jurídica da União, considerando que, além de violarem dever de sigilo sobre documentos que tinham sob custódia, causam indesejada interferência no regular andamento de processos judiciais em trâmite perante órgãos superiores do Poder Judiciário”, diz a AGU na notícia, assinada pelo ministro Jorge Messias.

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Netanyahu desafia pressão internacional, apesar da insatisfação com a guerra dentro do gabinete

O ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, anunciou o envio de mais tropas para Rafah, no sul da Faixa de Gaza, o mais recente alvo da operação militar contra o Hamas. A decisão é um sinal de que os israelenses pretendem seguir com a invasão da cidade, onde mais de 1 milhão de palestinos se refugiaram – 600 mil já fugiram da área, segundo a ONU. “Centenas de alvos foram atingidos e nossas forças estão realizando manobras na área”, disse

Imagens de lua de Júpiter dão pistas de água líquida abaixo de superfície de gelo

A crosta de gelo da lua chamada Europa de Júpiter não está mais no mesmo lugar, apontam imagens da câmera a bordo da nave espacial Juno, da Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa). As imagens também revelaram atividades de espécies de jatos de água salgada e rupturas na típica camada de gelo que envolve o

Sistema Android é compatível com mais de 200 milhões de carros

A Google revelou durante o evento I/O que o Android Auto, a versão para automóveis do seu sistema operativo, já está presente em mais de 200 milhões de veículos em todo o mundo. No entanto, é importante frisar que este número se refere à quantidade de carros compatíveis com o sistema, e não à quantidade