Banco do Brasil lança moeda em homenagem aos 200 anos da 1ª Constituição do Brasil

Publicado em

spot_img
Tempo estimado de leitura: 2 minutos


constituicao brasileira

Em comemoração aos 200 anos da primeira Constituição do Brasil, sendo a mais longeva do país, o Banco Central e a Câmara dos Deputados lançaram nesta quinta-feira (11), uma moeda comemorativa. O evento de lançamento foi no Salão Nobre da Câmara, em Brasília e o diretor de Administração do Banco Central, Rodrigo Teixeira, exaltou que foi a Constituição mais longa do país e que ficou vigente por mais de seis décadas. À época, a Constituição marcou um novo tempo para os brasileiros, que passou a ser regida pelo mesmo regimento legal. “O BC tem como missão emitir a moeda nacional e se vale dessa missão para celebrar momentos históricos. A moeda comemorativa é para homenagear, ao mesmo tempo, as duas câmaras legislativas e a Constituição que as deu origem”, disse Teixeira. No valor de face de R$ 5,00, a moeda foi produzida em prata e na parte de frente possui o Congresso Nacional, e no verso, uma imagem da primeira Carta, com uma pena, objeto utilizado para escrevê-la. Com apenas 3.000 unidades produzidas, as moedas serão vendidas por cerca de R$ 440,00, no site Clube da Medalha, mantido pela Casa da Moeda. Acesse aqui.

A primeira Constituição brasileira foi lançada em 25 de março de 1824, durante o Brasil Império. Conforme o Banco Central, a moeda é uma homenagem ao Poder Legislativo, já que a Carta de 1824 implementou o bicameralismo no país, com a criação da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. O deputado Lafayette de Andrada (Republicanos-MG), presidente da Comissão Especial Curadora, falou sobre a importância da Carta, a mais longeva do País, que foi fundamental durante o processo de independência do Brasil de Portugal, após D. Pedro I dissolver a Assembleia Constituinte um ano antes. “Essa Constituição trouxe, além da soberania do Brasil, princípios que eram à época modernos, mas que até hoje celebramos e aplaudimos, como a liberdade de expressão. Naquele momento, era uma novidade, algo extremamente avançado. Os países europeus viviam as monarquias absolutistas”. Andrada também falou sobre os conceitos de liberdade, bem como a prisão após a condenação. “Então a criação do Poder Legislativo também celebra 200 anos, embora a instalação da Câmara e do Senado tenha ocorrido só dois anos depois, em 1826. Essa é a importância para a Câmara.”, reforçou Andrada, já que outra conquista importante da primeira Carta brasileira foi o conceito da separação dos Poderes: Executivo, Legislativo, Judiciário e, na época, Moderador.

*Com informações do Estadão Conteúdo 

Que você achou desse assunto?

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

- Publicidade -

ASSUNTOS RELACIONADOS

Cade analisa se acordo comercial entre Gol e Azul deve passar pelo órgão

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) está analisando os contratos entre as companhias aéreas Gol e Azul para determinar se a operação precisa ser notificada ao órgão. A Superintendência-Geral do órgão solicitou esclarecimentos sobre a parceria, enviada para análise na sexta-feira (24). O acordo de cooperação comercial entre Gol e Azul tem como objetivo

Governo planeja nova linha de crédito para empresas afetadas pelas chuvas no RS

O Governo Federal está planejando anunciar uma nova linha de crédito destinada às grandes empresas afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. A expectativa é que o valor supere os R$ 10 bilhões, de acordo com fontes do Ministério da Fazenda. Esta iniciativa visa auxiliar as empresas do setor industrial e do agronegócio que

Imposto de Renda 2024: saiba como facilitar a declaração de imóveis próprios e alugados

Declarar imóveis no Imposto de Renda pode ser um desafio burocrático para muitos brasileiros. Para simplificar esse processo, o site da Jovem Pan traz respostas diretas para as dificuldades mais comuns enfrentadas por proprietários e inquilinos ao preencher a declaração. Vale destacar que as regras do IR mudam anualmente, especialmente no que diz respeito à